10/04/06

...

...Percorro as ruas do meu sentir
uma vez e outra
e olho encantada
para o gesto que lá ficou encalhado
vincado, marcado
à espera que outro gesto se lhe junte de novo...

14 comentários:

José S. disse...

São os gestos que vão ficando encalhados que nos fazem crescer. Sem eles morreríamos "vazios".

Licínia Quitério disse...

Como estreante na blogosfera, agradeço a visita e os comentários.
Pela Poesia nos vamos encontrando.
L.Q.

PiresF disse...

Não: devagar.
Devagar, porque não sei
Onde quero ir.
Há entre mim e os meus passos
Uma divergência institiva.
Há entre quem sou e estou
Uma diferença de verbo
Que corresponde à realidade

F.Pessoa

PiresF disse...

Oop´s!...

Uma divergência instintiva.

AmigaTeatro disse...

=))

Nina disse...

Hum...

Lindo...

=]~

Lindo dia pra ti!

Bill disse...

Na esperança se não ser só e sim duo, recendo a resposta que lhe era desejado, mesmo que em forma de não consciência de sempre ser...

Lindo, adorei, quero olhar meus gestos, ver o que marcou, me lembrar de cada passo e marca deixada pelo caminho que passo...

Obrigado pela força =]

[s]s

Nilson Barcelli disse...

Acho muito bem que continues a percorrer essas ruas e que vás escrevendo os gestos que o teu olhar encantado tão bem nos sabe transmitir.
Beijos.

lua branca disse...

Ainda agora a saudade me visitou
Com suas recordações me torturou
Ela não tem me deixado nem dormir
Tenho chorado desde que vi você sorrir

Ainda agora lembrei do seu rosto
Uma lembrança que me atirou num frio poço
Minha alma sangra todos os dias
Sua ausência me traz tanta agonia

Carlos disse...

SOU

Sou anjo, sou demónio
Sou ardente, sou premente
Sou alimento, sou vida
Sou encontrada, sou perdida
Sou espaço, sou atalho
Sou húmida, sou orvalho.
Sou fêmea,
Sou deste jeito...
Colar de pernas feito
Preso
Atado
À volta do teu peito!











GRITO I


É quando me elevas no ar
E me dobras de repente,
Que solto na noite meu grito
Uivo do prazer que explode
Ao me sentir penetrada,
Por bélico falo ardente.










MOMENTO




Tão lascivo e intenso
é esse momento,
em que invades meu corpo
com toques de dedos,
música, bicos túrgidos.
E vens, e tomas e bebes
enlaças minhas coxas,
e fendes, e dás, e me tiras.
E, antes antes que desfaleça
em morte, luxúria,
desço entre as tuas pernas;
Desejo de ter-te,
de gozar um prazer, húmido, duro,
que nada se lhe iguala.
Abraço, movimento
tuas ancas em mim,
abro minha boca,
a minha língua procura-te:
Com vontade, pressa,
emergência do querer
sentir-te crescer, provar
o sabor,
de ser preenchida por ti!

*Joana Sá

Publicado Por Carlos| Vagueiam Comigo (28)

Quarta-feira, Abril 05, 2006
Desejei...........Quer ser meu chocolate?


Desejei
Quando apareceste na minha frente,
tive vontade de te mastigar...
morder...
Sentir o sabor,
saber o gosto da tua pele.
Meus dentes precisavam te conhecer.
Desejei acariciar...
conhecer...
explorar,
passar a língua com lentidão em cada pedacinho conquistado do teu corpo;
deixando o rastro quente de saliva ir misturando-se...
com nossos gemidos e sussurros...
Desejei ser acariciado,
Desejei o roçar de línguas,
sentir tua boca em mim...
Desejei o roçar de corpos,
queria me tornar parte de ti,
do teu corpo...
Sentir cada carícia,
cada gesto...
num profundo toque.
Cavalgar contigo sem me perder,
deixando o ritmo louco do desejo alucinado nos levar para um caminho sem limites,
sem preconceitos...
e novamente desvendar...
conquistar!



Ao leite ou derretido


Com passas ou crocante


Puro ou pervertido


Com recheio


É excitante


Eu saboreio


Te mordo


E meu corpo todo


Lambuzada


Chocolate


Fina arte


Transformada


Misturada


Ao sabor supremo


Meu chocolate


Meu veneno


Você é arte


Só você extermina


Minha melancolia


Você, serotonina


Que me vicia...


Quer ser meu chocolate?


Publicado Por Carlos| Vagueiam Comigo (28)

jorgesteves disse...

Uns passos palavras leves como um murmurio!...
jorgesteves

António disse...

Linda maneira de dizeres que és sensível a atitudes que te tocam!

Beijinhos

Dae-su Oh disse...

Goto de camninha pelas ruas, são inspiradoras, uma sitcom em tempo real.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.