30/12/09

Ano Novo!


... que desabrochem os botões,  se transformem em grandes e belas flores, no dia primeiro...
Se façam pessoas
Humanidade, de corpo inteiro!
Feliz Ano Novo a todos!

24/12/09

Luz!


Felizes sejam estes dias e os outros que a eles seguem... e a luz dissipe as trevas...


Boas Festas!

22/12/09

Prenda de Natal

Cara senhora ou senhor, encontrei seu blog quando procurava contos de natal pois estou trabalhando um projeto com este tema com meus alunos. Achei a história de uma singularidade e essência sem igual. Parabenizo pela criação. E agradeço antecipadamente pela rica contribuição ao nosso projeto. Gostaria ainda de pedir se possível, enviar seu nome, pois coloquei a fonte da web apenas como referencia, mas penso que os pequenos precisam saber que uma história tão linda foi criada por uma pessoa como nome que eles possam contar aos outros depois.
Atenciosamente, professora Zemilda Santos

E assim chegou percorrendo o espaço que alguns chamam virtual, tornando-se em gente real. Crianças carenciadas para quem o conto tinha sido escrito.


de quem apenas tem 5 anos de idade mas um coração sem tamanho.

a alegria e o espanto de quem aprende as coisas que a vida tem. Como enviar uma carta trazendo dentro o sorriso e a alegria de ser.
E a turminha dos ursinhos carinhosos viverá para sempre enquanto eu viver. Ou muito mais! :)
Obrigada a todos e Feliz Natal!

09/12/09

sede


Esta noite vem de mansinho colher as gotas que a chuva deixou em mim.

foto: xana cepinha, amiga a quem a agradeço

06/12/09

vontade


Era o dia mais longo de que me lembrava

tudo me fazia confusão e tormento
"Bom tempo", diziam que estava perto
Mais uma vez ninguém compreendia
que a noite é feita de magia
É como o som de um estridente grito,
Que vem lá dos confins do infinito,
A ecoar por toda a eternidade!!!
de resto, pouco ou nada me lembro,
por entre silêncios ocultos adormecidos nasce vida...
nasce paz...nasce serenidade...
nasce quantas vezes, essa força
a que muitos chamam vontade!

21/11/09

mãos


Mãos vestidas de nada, feitas para tudo
algumas vestidas de trapos
outras de veludo.
foto: de mão amiga

21/09/09

silêncio


Tempos de um silêncio que se quer e precisa...
Um dia destes voltarei de novo aqui.

19/08/09

Primaveras da vida


E assim vamos contando Primaveras, até chegar o Inverno.
Desenhando o caminho à medida que o vamos percorrendo
quantas vezes não sabendo bem para que lado mexer o pincel,
ou sequer se somos nós que o dirigimos ou ele
que ganhando vida própria,
nos dirige a nós...
Que percorram todas as Estações,
chegando ao Inverno com a a alegria
de uma Primavera sempre renovada! :)
Dedico estas pequenas palavras a todos os amigos
que este mês completam Primaveras
com beijinhos de parabéns! :)****
imagem da net

01/08/09

27/06/09

simplicidade


Quando a noite
estende o seu manto sobre as cabeças
os corpos cansados
contemplam as estrelas
e
adormecem felizes.


foto da net

04/06/09

dias...


Há dias assim
Que se envolvem nas entranhas de nós e teimam em ficar
Em nos silenciar
Por respeito, por direito, por amor à liberdade
Porque se faço do silêncio a minha voz...
E do meu olhar a minha cegueira...
É porque sinto um sabor a nós...
No perfume que te anuncia de todas as maneiras
E do qual não sei como sair
Sem que a tudo o que mais prezo, trair...

01/06/09

crianças



...que todos os dias sejam teus, criança

de mãos dadas te seja permitido criar um mundo

universo onde não seja mais preciso

um dia mundial da criança!

imagem da net

28/05/09

pétalas


Para ti trouxe pétalas de rosa
orvalho da manhã
dos dias que sorriem para nós.
salpiquei cada uma de beijinhos

soprei sonhos, fantasia e amizade.
Elas farão renascer outros dias-anos, festa
até à eternidade...

Para ti amiga, deixo estas pétalas.

17/05/09

sei de um lugar


Sei de um lugar
cheira a rosmaninho
cheira a alecrim
cheira a malva
cheira a esteva
cheira a amor
tem flores
flores de mil cores.
espraia-se o olhar
e até onde a vista alcança
há vermelho, amarelo e verde
como a esperança
tem casario, pontes e rio
tem passarinhos a voar
tem sonhos e mimos
e carinhos feitos ao luar
sei de um lugar
um madrigal
madrigal
feito para sonhar.
.
.
imagem: net

15/05/09

pensamentos


Dou por mim a pensar:
Será o cérebro das pessoas inversamente proporcional
ao tamanho dos seus casarões?
.
.
.
foto da net

01/05/09

interrogações


Porque será
que nesta sociedade de deve e haver
o fiel(?) da balança
cai sempre para o mesmo lado?
.
.
.
.
imagem do google

25/04/09

tu, liberdade!


Vieste de madrugada, liberdade
em forma de canção
trouxeste mensagem das searas e dos mares
gotas de espigas loiras criando a imensidão.
crianças, adultos como aves,
Brotaram de campos, cidades, de estradas e becos
De todas as esquinas
De lábios postos em oração
Novas palavras, novas ideias, novos abraços
o que era triste e apagado, brilhou
o que estava há tanto tempo calado, falou
como rios que não sustentam a margem
a multidão se espraiou
se fez criança
sonhou...
hoje se fez adulto
o sonho onde ficou?
Limitaram-te as margens, rio
Abafaram as canções
Falaram em utopia
Querendo fazer-te acreditar
Que é proibido ao adulto sonhar
Criar
Desvendar
Apenas
É preciso
Acreditar
Querer
Lutar
Para a ordem das coisas
Mudar.

14/04/09

pensamento


Apenas é verdadeiramente nosso, o que somos,
de resto nada mais...
.
.
.
imagem retirada da net

12/04/09

como pássaros...


Ainda a manhã esfrega os olhos sonolenta
Vêm de azul, vermelho ou amarelo, em bando
Pés de “avaianas” vestidos, ou despidos,
Batendo leve na desfeita calçada
Olhos brilhantes de inocência
em alegre chilreada
Como se pássaros,
Voando.

31/03/09

regresso


e os dias passam pelos caminhos das voltas da vida...
como as andorinhas saudosas dos altos beirais
em que abrigam os seus ninhos.
Assim, cá estou!

22/02/09

partida


Há alturas da nossa vida em que temos que fechar as portas, páginas do que somos, e recomeçar a escrever um novo livro.
Fecho as páginas mas, aqui ou noutro local qualquer, estarão sempre comigo os amigos que ao longo destes anos me têm acompanhado por estas linhas e muito me têm premiado e honrado com a sua presença, aos quais muito agradeço.
Não poderei continuar, por agora. Um dia espero voltar.
O que importa não é o local, mas a amizade!
Até sempre com carinho da

tb

18/02/09


Sussurro ao vento que me leve até ti
em forma de brisa que te acaricie a face...
.
.
.

03/02/09

sou


Sou a boca que pouco fala
O olhar que se prende
O ouvido que escuta
A ave que voa
O ombro que ampara
A mão que segura
A atenção que retém
O lábio que acaricia
Quando o amor vem
O peito que aconchega
A voz que descansa
Sou...
A bonança
.
.
.
imagem da net

31/01/09

mar e sol


olho-te
e na tua serenidade...encontro o meu bem-estar
e no meu olhar encontras a tua paz
fechas teus olhos
aproximo a minha face da tua
e sondo-te num beijo terno, infinito
fazendo dos teus lábios os dedos da minha alma
que sabe a maresia e a mel
que reconhecem cada bocadinho de ti
que sabe a algas
beijo-te com a ternura do sol
beijo-te com a ternura do mar
no beijo ao sol quando se põe
com a harmonia do mar quando acorda
sinto na tua boca, o ondular
do mar
o sabor a maresia
e mais não somos do que pedaços de mar e sol
na alegria inebriante do renascer.
.
.
.
.
foto da net

28/01/09

25/01/09

18/01/09

linhas de nós


Rompia a mais clara madrugada
As sombras lá fora
Anunciavam o dia despontando
Viemos de mansinho
ficámos calados
Entreguei-me
Era um livro para leres
Feito linhas
Escritas e a escrever
Entregaste-te
Entregámo-nos
Leste-me
li-te
e o que era noite,
alvoroceu
até que uma página do livro se escreveu
Continuamos a escrita...?

06/01/09

flor da amizade


Ofereces-me flores,
de todos os nomes,
de todas as cores
mas

a mais bela de todas
na verdade

tem sido
a tua amizade.
.
.
.
Um miminho para ti neste dia que é o teu :)

com carinho e amizade
.
.
.
foto de mão amiga :)***

04/01/09

conflitos


Porque se mata a humanidade
se a morte tão certa é como a vida ou mais,
muito mais?!
Deixando crianças, orfãs, destroçadas, desmembradas
Olhares sem luz nem amanhã
sem que saibam porquê
sem entender porque à sua volta só há morte
e a nós
resta perplexidade e vergonha (?)talvez.
Ou muito mais.
.
.
.
imagem da net