27/06/09

simplicidade


Quando a noite
estende o seu manto sobre as cabeças
os corpos cansados
contemplam as estrelas
e
adormecem felizes.


foto da net

20 comentários:

Anónimo disse...

quando procurei no google linhas de pensamento era o teublogue que estava em primeiro abri e com o que me deparo ,,,,simplicidade....a la coizas que nao da para explicar tinha sido precizamente o pensamento que me tinha acabado de ocupar o pensamento dorante este semana e bom saver que a gemte que tem a mesma linha de pensamentos.parabens pelo teu blog e esporo que continues com a mesma linha de pensamentos.a vida nao é um mar de rosas mas se acreditarmos um dia pode vir a ser.

Nuno Medon disse...

olá! Simplesmente lindo, a foto e as palavras. beijos e um bom Domingo!

Parapeito disse...

Quando a noite
estende o seu manto sobre as cabeças
os corpos cansados
contemplam as estrelas
e
adormecem felizes.
*
Que bom quando assim acontece.
Um céu cheio de estrelas para ti ne*

Susana disse...

Boa tarde, em nome da organização de blogagem colectiva Aldeia da Minha Vida, quero agradecer a sua participação, na qualidade de leitor(a) e eleitor(a) pelo seu contributo para o sucesso da mesma.
Dia 30 de Junho serão publicados os resultados.
Susana Falhas
www.aldeiadaminhavida.blogspot.com

© Piedade Araújo Sol disse...

palavras singelas que encerram ternuras.

beij

© Piedade Araújo Sol disse...

palavras singelas que encerram ternuras.

beij

Nilson Barcelli disse...

Simples, mas muito poético querida amiga.
Contemplar as estrelas e adormecer feliz é um dos meus desportos favoritos...
Boa semana, beijo.

... a cada instante ... disse...

Quando deixamos de pensar em nós, para simplesmente existir...
Parabéns, gostei desta simplicidade.

Susana disse...

Olá!

A blogagem da Aldeia da Minha Vida foi um grande sucesso, graças à sua participação e divulgação.

Convido-o(a) a participar na próxima blogagem de Julho “ Férias na Minha Terra”.

É uma oportunidade única para demonstrar a todos que vale a pena passar férias no nosso país, especialmente na nossa querida terra, seja ela aldeia, vila ou cidade.

Inscreva-se e mande o seu texto até 7 de Julho para o seguinte e-mail: aminhaldeia@sapo.pt

Para premiar a sua participação, vamos atribuir ao melhor post um fantástico prémio e ao melhor comentário também.

Muito obrigado pela sua atenção!

Votos de um feliz dia!

Susana Falhas

Cláudia disse...

Imagem absolutamente perfeita para o texto escolhido.Assim é a mão que embala o berço, a noite estrelada, que estende um manto que muitos nem têm tempo de contemplar, pois se tivessem, veriam que a cada noite que passa, há mais uma estrela no céu em sua homenagem.

isabel mendes ferreira disse...

a 27 de junho....:) que bom....ler assim ...no dia em que fiz anos...a olhar as estrelas....da amizade.







beijo enorme.


re.cheguei.


feliz de a encontrar!

nqdn disse...

Os teus textos são sempre belos e sei que não foi nisto que estavas a pensar quando escreveste este.

Só vou ser mauzinho para lembrar a quem ler que adormecer a contemplar as estrelas, significa não possuir um tecto para dormir.

É tudo muito lindo, muito poético, mas...

Há sempre um mas, algures e que aparece onde e quando menos se espera, a estragar-nos os dias e eu, desta vez, fui esse mas para o teu blog.

Sei que me perdoas, porque o teu coração sensível, sabe que é por uma boa causa.

Um beijo
Luís

tb disse...

Pois é Luis. Mas o que não podias adivinhar é que escrevi exactamente sobre um povo simpls e livre que tem as estrelas por tecto. Afinal vivem com a natureza fazendo parte daquilo a que pertencem. que bom seria se todos no mundo fossemos assim...
Obrigada por teres interpretado tão bem as minhas palavras.
beijinhos para todos

Secreta disse...

Ás vezes é preciso tão pouco para sentir a felicidade!

Nilson Barcelli disse...

Passei para rever as tuas simplicidades...
Um beijo, querida amiga.

Nilson Barcelli disse...

Vltei de novo... e não vejo novas coisas simples.
Beijo.

isabel mendes ferreira disse...

e feliz desta simplicidade venho .


em braçado de abraços. recolho o verbo. que se estende até ao fulgor dos dias.



beijo T.

L disse...

deixo um sorriso à simplicidade

Parapeito disse...

...Porque sei que nao estás á espera...
Um abraço ruim de bom :))
até mais loguito******

Isabel disse...

bom dia dia simples.



com uma flor.




.imf.