04/01/09

conflitos


Porque se mata a humanidade
se a morte tão certa é como a vida ou mais,
muito mais?!
Deixando crianças, orfãs, destroçadas, desmembradas
Olhares sem luz nem amanhã
sem que saibam porquê
sem entender porque à sua volta só há morte
e a nós
resta perplexidade e vergonha (?)talvez.
Ou muito mais.
.
.
.
imagem da net

6 comentários:

douglas D. disse...

oi!!fazia tempo que vc não aparecia lá pelo blog. feliz 2009!!
bjo.

PiresF disse...

Muito mais, minha amiga, muito mais.

Estou contigo, é bom começar o ano a pensar nos outros, nos que precisam, e tu faze-lo.

Enorme abraço.

Parapeito disse...

Como tens razao no que dizes :( Que triste é que assim seja...
e porquê?

um beijo*********

isabel mendes ferreira disse...

Ou muito menos....no mais que deveríamos ser capazes de ter corpo e voz para salvar as vozes que morrem sem corpo com nome.


.


beijo-te T.


.

com o mais dentro do peito.

Dora disse...

Querida amiga! Voltei das férias e vim visitá-la. Encontro já, de entrada, um retrato da vida, bem triste e angustiante!
E você pergunta "porque". É a pergunta que eu mesma me faço, diante da morte de inocentes, principalmente...
E não tenho a resposta. Como você também não a tem.
Mas, são reflexões que nos fazemos. E talvez nos levem a alguma compreensão.
Apesar de tudo, deixo-lhe votos de feliz 2009 e desejo que a esperança permaneça com você!
Continuemos nossas "trocas", amiga!
Beijo você, com enorme carinho!
Dora

Bosco Sobreira disse...

Uma pena que seja assim, minha querida Poeta.
Uma pena que ainda estamos em construção como seres humanos.
De todo modo, mesmo em se tratando de algo tão triste, há a presença do Belo e suas palavras.
Um beijo afetuoso.