27/05/06


No mar revolto da vida, o farol que a ilumina...

32 comentários:

Dae-su Oh disse...

No pensamento revolto à sempre uma palavra de calma. É a mensagem que tiro desta imagem :)

Nilson Barcelli disse...

Para que possamos navegar com rumo certo, evitando rotas sem saída...
Beijinhos.

cinza disse...

Um farol é sempre o porto de nossos sonhos..

Rosalina disse...

e como é bom encontrar esse farol.

ACENDALMA disse...

Para e por cada sentir tumultuoso há sempre uma chama a indicar um rumo…

Isa&Luis disse...

Olá menina linda,

gostei do teu pensamento:) " Mesmo que a vida seja atribulada haverá sempre uma calmaria"

Beijinhos muitos para ti

Isa

sa morais disse...

E nem na mais tenebrosa das tempestades, essa luz deixa de nos guiar.

Fica bem, minha amiga.

José S. disse...

Bonita imagem, bonito pensamento.
Que o farol da tua vida te indique sempre os melhores caminhos.
Beijinhos e boa semana.

joão marinheiro disse...

É verdade minha querida, a foto está fantastica, só um pequeno reparo ou explicação, na foto é um farolim de enfiamento/aproximação ao molhe de entrada na barra/porto , é de cor vermelha logo bombordo para a embarcação que se aproxima vinda do mar. A diferença entre farol e farolim está no alcance da luz, no farolim inferior a 15 milhas nauticas...
abraços mareados...

Francisco Sobreira disse...

Cara Tb: Nas duas últimas postagens, uma nova experiência, pelo menos desde que passei a visitar a tua casota: o poema de um verso só. Quem não pratica essa experiência, julga que seja uma coisa facílima; Não é. Expressar uma idéia, ou um sentimento em pouquíssimas palavras não é o que essas pessoas podem pensar.No teu caso, a meu ver demonstras essa capacidade,porém, mais no verso da postagem anterior: "Quando nos encontramos, abraçamo-nos e nunca mais houve trevas..." Achei-o, inclusive, mais criativo. É uma opinião pessoal. É o que penso,mas posso estar errado. Mudando de assunto. Espero que não me aches impertinente e curioso ao querer saber se as letras "tb" `significam as iniciais do teu nome. Não ficarei insatisfeito se não quiseres me satisfazer essa tola curiosidade. E mais uma vez agradeço as tuas visitas à minha casota, que me dão um imenso prazer. Um beijo afetuoso e uma excelente semana.

Nina disse...

O farol da poesia, o farol que continua firme e que faz continuar batendo seu coração.

Lindo!

Daqui a poquim eu atualizo o blog, rsrs!

Beijos!

=]~

Nina disse...

Bem, atualizei, vai lá ver.

=]~

Bill disse...

Ola

Farol que ilumina minha escuridão.
Sabe... la distante estou vendo um farol... Quem sabe não é para lá que devo seguir para encontrar minha luz...

Linda semana pra tu poetiza.
Adoro-t

:**********

Kaos disse...

Que seria de nós sem os faróis para nos dar um pouco mais de segurança. Uma bela fotografia
bjs

Rui Martins disse...

essa imagem fazme lembrar certas memoráveis férias que passei na ilha grega de Icária, onde havia um farol num pontão, exactamente igual... com um Mar muito diferente... Do calmo Mediterrâneo ao turbulanto Atlântico da fotografia!

Outsider disse...

Parece-me que o farol presente nesta fotografia, é o farol que está na foz no Porto. Esta imagem traz-me nostalgia, o belíssimo pôr do sol na foz. Quanto às palavras, são fabulosas, o sentimento nelas presente é indescritível. Que tenhamos sempre algo para mantermos o nosso rumo...
Um Abraço.

de Matos disse...

Ha sempre esperança para tudo, basta acreditar.

obrigado pela visita ao meu espaço :)
fica bem

Nilson Barcelli disse...

Uma boa semana para ti.
Beijinhos.

Isa Calixto disse...

A Luz de novo a guiar os passos...Ontem vinha da Terra, Hoje vem do Mar...

Fotos lindas com as mensagens correspondentes.

Beijinho de Luz para uma boa semana.

jorgesteves disse...

Imagem perfeita!

amizade,
jorgesteves

Besnico di Roma disse...

Linda fotografia.
Voltarei mais vezes para te ler.

Maria Fernanda disse...

A calmaria consiste na certeza de que, apesar das tempestades, o farol estará sempre lá, para nos guiar...
Uma linda semana pra vc!

mitro disse...

Qual é o farol?

Isa&Luis disse...

Ao ler este teu post uma preocupação me fica: serei eu capaz de ser o farol de alguem?
Serás tu?
Seremos nós todos?
Sempre concisas e sempre belas as tuas linhas; e também dão que pensar fazendo-nos seguir a linha...
Um beijo.
Luis

agua_quente disse...

E não convem perder de vista o farol! :)
Beijos

BlueShell disse...

Gostei!
Um beijo com ternura!
BShell_*_*_*_*_*_*
:=:=:=:=:=::=:==:=:

António disse...

Querida Teresa!
Agora estás a especializar-te em textos muito curtinhos e fotos a condizer.
E eu acrescento que o resultado é óptimo.

Obrigado pela visita.

Beijinhos

Rainha de Copas disse...

Ele segue. Mesmo a muitas ondas. Firme. Sereno. Sempre. Forte. Fortaleza.

Vanda Baltazar disse...

E que nunca percamos o Norte. Real.

Van

Carlos disse...

Quando os dias são longos,

as noites intermináveis

e de nada mais se tem vontade

ainda resta algo importante,

o sentimento da amizade.



Perto ou longe é tão bom saber

que existe alguém que torce por você

e sempre deseja lhe ver.



Se chove ou faz sol,

frio ou calor

a tempestade do amor

é que vai auxiliar

seu coração palpitar.



Carinho nunca é demais,

está provado o bem que ele faz,

e o quanto pode ajudar

a dar força e coragem

a quem está em desvantagem.



Resumindo eu só posso dizer

que estou aqui pra você

e onde se lê

"carinho nunca é demais"

leia-se;

"pra você eu quero sempre ser mais."

Carlos disse...

As tuas mãos acariciam
O meu rosto,
Deslizam
Pelo meu corpo
Sinto o sabor
Da tua boca.
Perdido de amor
Simplesmente louco.
Sinto o teu perfume
A tua pele suada
E um som de queixume,
Mistura-se a uma balada.
De repente fixo o teu olhar
E beijo-te com ternura
Sem limites para dar
Amor com loucura.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.