31/01/07

amálgama...


Tu, o sol eu e o mar...
juntos neste sonhar...

16 comentários:

as velas ardem ate ao fim disse...

Eu a lua!

dai não pertencer a lado nenhum...

bjocas

Amaral disse...

Imagem intemporal!
Amálgama na realidade e no sonho!
Juntos!

joão marinheiro disse...

Tudo o resto é acessório.
Abraço daqui onde o rio abraça o mar.

Cinza disse...

A mistura das emoções na natureza..
Raiozinho de luz...

Bosco Sobreira disse...

Que lindo, minha amiga.
Não existe poema pequeno, a poesia é imensa, infinitamente grande. Só o(a)s grandes poetas é que conseguem essa magia de condensá-la em dois versos.
Você é possuidora dessa magia!
Beijo afetuoso.

PR disse...

E tanto basta. Boa noite, abraço.

Rui Martins disse...

sendo que dos dois últimos, com isto do Aquecimento Global, vamos ter cada vez em maior abundância...

legivel disse...

... que fantástica sintonia! é tão bom sonhar acordado...

beijos.

Kaos disse...

Tudo dito em tão pouco tempo.
bjs

ALF O Extasiado disse...

coisam linda TB, de profundo sentimento.

Reluz a alma.

adorei.

bjus
:)

Plum disse...

Bom fim de semana!*

PR disse...

Boa noite.

Dae-su Oh disse...

Acho que o sonhar é com praia, com a subida das águas que se verifica, ultimamente, não sei até quando teremos uma. :(

Nilson Barcelli disse...

Os sonhos são sempre bons, mesmo quando "amalgamados"...
Beijos.

António disse...

Querida Teresa!
Mais um post muito lindo.
Ao teu melhor estilo.

Beijinhos

nqdn disse...

E um dia o sonho realizar-se-á!
Um beijo!
Luis