08/10/06

olhares...3


Olhei para ti
senti-te
pele macia e aveludada
tuas pétalas entrelaçadas
nesse caule delicado
cálice onde as abelhas vêm receber teu polén
seu alimento
nessas verdes folhas onde botões se abrem...
escondidos os espinhos
esses da vida que nos ensinas a olhar e a delicadamente cortar
quebrar
contornar
saltar
ou
simplesmente ignorar
para no final
colher
recolher
mimar
tactear
esse cetim aveludado
numa multiplicidade de sentires
aromas
cores...


Foto: oferta amiga

24 comentários:

PiresF disse...

Caramba… e voltaste em grande.
Excelente! Adorei!
…é simplesmente lindo.

Grande, grande abraço.

Um Poema disse...

Gostei da intensidade e da beleza do teu regresso.
Um abraço

Fernanda disse...

Sempre achei que o ser humano se parece muito com as flores. Pele macia, perfume entorpecedor, néctar ofertado com o amor...
É uma pena poucos se darem conta disso...
Bjs e linda semana!!

Bill disse...

Ola doce moça...

Vejo que esses dias lhe fizeram bem, voltou com a corda toda...
No jardim da vida tu es um das mais lindas flores...

Linda semana pra tu

:****

Kaos disse...

Já sentia saudades de me vir encantar por aqui. Sê bem vinda de volta.
bjs

beija flor disse...

ja t disse q seu blog é o mais elegante q eu ja vi.,.??

sim realmente acho..
pessoalmente nao ligo tmo pra estetica, tnato q deixo meu blog jogado, mas o seu me causou esse incomodo...ele ´e o mais elegante..as cores estao bem escolhidas..e..

rosas? espinhos..?
me diz...queria um amor q se eu perguntasse a ele:
por que vc tem tantas linhas nas mãos..?
ele responderia:
nao sao linhas..
sao cicatrizes...
cicatrizes e marcas das milhares d rosas q ja me cortei ao apanhar, sem arrependimento, pra entregar pra minha namorada...

bjoooo

Bosco Sobreira disse...

Que bom que vc. voltou e com um texto belíssimo. Felicidades sempre,

de Matos disse...

Que relaxante :), soube mesmo bem, muito bonito

olha, depois mandas-me um mail a dizer o porque de nao conseguires ver nunca as musicas, é que ja que me visitas quero que vejas as musicas e todo o conteudo do bloguem tens esse direito, diz-me qualquer coisa para resolver isso e para que possas ver tudo.

bjs e boa semana

luiscimatos@gmail.com

Dora disse...

A descrição pormenorizada de um "olhar" atento que vai peerscrutando o mistério vegetal...
Muito bonita a direção desse olhar!
Deixo-lhe um abraço.
Dora

sa morais disse...

Assim se coloca ( muito bem! ) em palavras aquilo que toca os sentidos... Regresso inspirado!

jinhos!

Francisco Sobreira disse...

Querida Amiga: Encontrando o teu comentário, como sempre amável, na minha casota, tive outra satisfação: a de que já retornasta. E depressa entro na tua casota para colher as flores que, generosamente, nos ofereces. Um beijo afetuoso e uma excelente semana.

sentidos disse...

Tinha que gostar deste texto, como deves imaginar. Escreves com harmonia e em sintonia com os teus sentidos...estás a olhar no caminho certo.

Um sopro sentido

Jota Effe Esse disse...

Que bom é viver essa multiplicidade de sentires, de cores, de amores, na maciez das flores. Meu abraço.

Carlos Thor disse...

Enfim... A flor que simboliza a Vida que tu conheçes por teres um Grande Coração!

Beijo Grande!

António disse...

Querida Teresa!
Uma ode à natureza que tu tanto gostas de apreciar e de cantar.
Desta vez a Rosa foi a beleza natural que escolheste para louvar.
Muito bonito este post.
Como sempre, aliás.
Obrigado pelo triplo comentário à minha blogonovela.
Volta sempre!

Beijinhos

collybry disse...

Belas elas são, delicadas tambem e dizem que choram ao serem cortadas_________________Meu bem haja pela visita, Meu rasto para outro espaço, Cõllybry

Amaral disse...

Num simples olhar, delicadamente, fizeste-nos sonhar com todos os sentidos sonhos múltiplos mesclados de cores e aromas que só a magia interior alguma vez entenderia...

quarentaom disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Bill disse...

Oi dona flor...
Passando para lhe deixar um beijo e o desejo de uma belo dia.

:****

douglas D. disse...

bjo!

pintoribeiro disse...

Bom dia, bjinho.

Kafé Roceiro disse...

Lindo poema, linda flor, linda você. Quanto a imagem, meu blog é todo seu. Fique à vontade, minha amiga. Beijos do Kafé.

Anónimo disse...

Mais uma vez sou enlevado pelo perfume das tuas palavras... e mais uma vez usas a Natureza como instrumento para descrever a paixão e o sentimento humano.
Continuas no bom caminho e numa boa rota de vôo, folha esvoaçante.
Beijinhos

Carlos Thor disse...

...tenho um novo desafio no meu blog...

Vem conheçer:)

BJS GDS!