23/10/06

desabafos...


Entrego-me a ti que me entendes,
me escutas,
me consolas,
me embalas nas tuas ondas.
Elas lavam (levam) as minhas mágoas,
afagam e afogam o meu lamento,
a ti ó mar, a ti ó vento,
entrego esta tristeza que me inunda o peito,
me sufoca
me desfoca o olhar
me prende o pensamento

me impede de voar...

foto: 1000 imagens

28 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Escreves poesia como se já o fizesses há muito tempo.
Gostei imenso deste teu poema. Continua a escrever assim.
Boa semana.
Beijos.

Kaos disse...

Só espero que esse mar te liberte e que possas voar por todos os lugares que desejas e aqueles que ainda nem sabes ainda. Quem escreve assim merece tudo.
bjs

benechaves disse...

Olá amiga: um belo texto! Alegre em ter atravessado o oceano um tanto bravio e colher tão bonito poema de versos nostálgicos e carinhosos. Gostei mesmo e valeu a pena a travessia.

Um beijo feliz numa segunda-feira de um calor meio insuportável...

Francisco Sobreira disse...

Querida Amiga: Mais um texto para se apreciar, onde chegas a usar palavras diferentes (lavam/levam, afagam/afogam) para atingir um mesmo significado. E, como sempre, uma bela foto para ilustrar tuas palavras. Um beijo afetuoso e um ótimo dia.

sentidos disse...

Palavras ternas estas...acompanhada por uma linda foto.

Um bj sentido

Plum disse...

O mar liberta-nos a alma!abraços mágicos!*

António disse...

Querida Teresa!
Mais um magnífico post em que a imagem e a palavra são tão belas como a tua alma.
Obrigado pela visita e comentário.

Beijinhos

Outsider disse...

Eu adoro o mar. Quer para contemplar quer para estar dentro dele e aí a paz que ele nos faz sentir, não pode ser descrita por palavras.
Beijinhos.

de Matos disse...

Absolutamente fantastico, mas liberta essa tristeza e vive intensamente, a vida é bela.

bjs e boa semana :)

Belzebu disse...

O mar tem essa capacidade de nos ouvir, de nos entender e consolar. Tem também a bondade de lavar e levar as nossas mágoas, mas defenitivamente tem respostas, conselhos e incentivos que devemos aceitar. Ele não é um mero receptor das nossas tristezas, é na sua imensidão, uma enorme fonte de ensinamentos.


Saudações infernais!

sa morais disse...

Que belo hino ao mar, amiga! Esse velho confidente que sabe tanto de nós e que nós nunca esquecemos, mesmo quando os nossos caminhos nos separam dele. Que a tristeza se desfaça em espuma ao tocar a areia, tal como as ondas e que as gaivotas sejam as asas do pensamento!

Jinho!

PS: Já falaste com o Dae? Quando tiver mais novidades digo algo.

Jota Effe Esse disse...

Com certeza o mar e o vento vão levar essa tristeza que te impede de voar, e vão te fazer sonho e poesia. Beijos.

pintoribeiro disse...

Bonito, bonito...bdia, bjinho.

Betty Branco Martins disse...

Olá Tb

Vim conhecer a tua "casa" e "caminhar" nas tuas palavras - Adorei:)

Voltarei

Beijinhos
BoaSemana

Dae-su Oh disse...

Que o teu pensamento voe sempre e encontre a inspiração divina para criar poemas sublimes como este.

Cumps!!!

PiresF disse...

Excelente!

PiresF disse...

Clap, clap, clap, pelo ritmo.

PiresF disse...

Clap, clap, clap, pela forma.

PiresF disse...

Clap, clap, clap, pelo conteúdo

PiresF disse...

E um poema destes merece mais um comentário.

PiresF disse...

Muito bom!

Grande abraço.

Bosco Sobreira disse...

Minha cara amiga,
Voltei aqui e me deixei levar pelas ondas desse mar de beleza de teu poema.
Obrigado por embalar-me a tarde...
Um beijo afetuoso,

Fernanda disse...

Sempre desabafo com o universo: o mar e as estrelas são grandes amigos.
E sei que ele me entende. E por vezes, me surpreende com alguma resposta. Singela, mas significativa e especial...

Bjs no seu coração!!

Bill disse...

Ondas do mar... Um vai e vem de desejos, sonhos e vida...
Seus versos, sua poesia, algo forte, de dentro...
Cada palavras, sonoridade poética e sentimento puro.

Eu digo sempre que tu esconde o ouro como se diz por aqui nas terras de cá...

Que perfeito dona moça...
M-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o.

:***************

diabinho disse...

Isso, deixa ir o que prende o teu crescimento como pessoa...
Vive, a vida é tão curta....

Beijinhos

sónia disse...

"Entrego-me a ti que me entendes"...que me sentes, que me vês sem olhar, que me desejas, que me acalmas, que me completas, que me fazes ser......

mitro disse...

Gosto do mar também!
Acho que ele é belo e prometedor.

(Já não vinha aqui há uns tempos..)

anjo disse...

ah, o mar...
eterno ouvinte de nossas amarguras.
a tristeza pode, também, libertar
...

gostei dos versos por aqui ^^
Ítalo.