27/11/10

Renascer

(...)

beijo-te com a ternura do sol
beijo-te com a ternura do mar
no beijo ao sol quando se põe
com a harmonia do mar quando acorda
sinto na tua boca,
o ondular

do mar
o sabor a maresia
e mais não somos
do que pedaços
de mar e sol

na alegria inebriante do renascer.

 

Foto: minha

 

2 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

T.

gostei do poema e da foto.

um beij de maresia

AC disse...

A comunhão com o outro e com os elementos...
belo!

beijo :)