12/11/06


para admirar a beleza que se nos oferece...

cedida por mão amiga

25 comentários:

sonia disse...

Olhei e vou continuar a olhar. Beijinho de bom dia Tb.

Outsider disse...

Lindo!!! Consigo ficar horas sentado, numa pedra na praia, a vê-lo. Dentro dele, ainda é mais bonito, mas não posso ficar horas, porque não tenho ar que chegue... ;)
Beijinhos.

Kaos disse...

Olhei, mas tive de parar para te vir desejar uma boa semana.
bjs

Secreta disse...

Olhar , com olhos de ver e sentir.
Beijito.

chuvamiuda disse...

...............
naturalmente que assim é
...............


Beijinhos e boa semana

Francisco Sobreira disse...

E ficamos sem palavras para apreciar tanta beleza, querida Teresa. Um beijo afetuoso e uma feliz semana.

António disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
António disse...

Querida Teresa!
Não sei se sabes (penso que sim) que eu fiz o Serviço Militar entre o início de 1973 e o final de 1975 (quasi três anos) como oficial da Armada.
Naveguei imenso, o que me dava um prazer enorme. A sensação de ser o dono do mundo quando ía no ponte ou sobretudo na ponte alta e só via mar e mar e mar.
Que saudades tenho de o fazer!
Olho para essa foto e o mar é meu, como se fora Neptuno.

Obrigado por teres lido e comentado a parte XIV da (blogo)novela.

Beijinhos

Plum disse...

Olhar e sentir!abraços!*

Rui Martins disse...

não existe nenhum calmante mais eficaz que o som das vagas do Oceano esmagando-se contra as rochas da costa... Uma recorrência da nossa existência fetal nos ventres de nossas mães? Quem sabe?

Josefa Pacheca Pereira disse...

Bom dia.

pintoribeiro disse...

Também olhei. Bom dia, bjinho,

Fernanda disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Fernanda disse...

Sou apaixonada pelo mar e adoro contemplar sua beleza. Me transmite paz e faz com que eu encontre as respostas que procuro.
Bjs n'alma.

cinza disse...

Simmmm... olhar com as janelas da alma..

Nuno Firmino disse...

Engraçado como os elementos da natureza exercem o seu poder em todos nós, e continuamos a querer fazer-lhes mal. Estranho esta insanidade que por vezes me faz perder a esperança de um mundo melhor, no entanto, vejo estes comentários e leio posts como o teu e isso faz-me ver que a dualidade do universo é uma lei eterna e o bem e o mal acontecem alternadamente. Um dia o bem acontecerá à proporão de todo o mal que estas gerações fizeram. O que virá depois? espero que seja uma aprendizagem séria de como tudo interage e de como tudo pode ser superado. São pequenos comentários como os que li aqui que ajudam a equilibrar o cordão de forças.

Anónimo disse...

O mar!
A calma aparente de uma sensação de felicidade,
efémera,
mas boa.
o mar!

Juda disse...

Que belo mar... um abraço...

José S. disse...

Ás vezes é mesmo o que apetece. Ficar a olhar, a contemplar, a esquecer e a recordar.
Bela e calma esta imagem.
Bjs.

pintoribeiro disse...

Continuo a olhar, bjinho,

sonia r. disse...

Beijinho de bom dia Tb.

Rui disse...

Tenho que confessar um pecado meu: não me limitei a olhar, tive que mergulhar.

Marshall disse...

olhei... adoro contemplar essas coisas da vida ao vivo....

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Oi!
Beijos do *CC*

ALF O Extasiado disse...

Me extasiou mais ainda...
hehe.
Simplesmente magnífico.
Linda imagem
;)