07/11/06

alguém/ninguém


Gosto da palavra alguém,
o seu significado, a sua sabedoria...
Se eu fosse alguém, escrevia
Se eu fosse alguém, fazia
Se eu fosse alguém sabia
Se eu fosse alguém veria

Mas...
Sou ninguém
E como tal,
Apenas brinco...
Retirando do saquinho as letrinhas
Que vou agrupando
Juntando
Unindo
Formando um puzzle
Que vos vou mostrando
A vós
Que tanto estimo
Todos vós
Os que por aqui vão estando
E comigo, também brincando...


imagem da net

34 comentários:

Pablo Dias disse...

Aceita a proposta de colocar um link meu no teu blog, que eu posto um teu no meu....

Mande logo a resposta.

lanterna disse...

És ninguém que é alguém, como os alguém desejariam ser se conseguissem deixar de ser ninguém.
Simples e belo como é habitual em ti!

Um beijo!
Luis

Mentiroso disse...

Gostei muito. De tudo. Vou pôr um link no blog que vou abrir muito em breve. Nele não haverá muitos links, só os bons (segundo as minhas preferências, entenda-se) lá estarão.

Anónimo disse...

Um dia alguém me disse que um dia eu ia ser alguém, e que nesse dia tudo ia melhorar. Um outro alguém olhou para mim e disse: quando tu fores alguém, aceita-me nesse mundo melhor, onde também alguém como eu possa ser alguém.

Esse dia, agora digo eu, chegará em breve, e todos juntos seremos o tal "alguém" que um dia estará destinado a ser alguém.

Beijocas, Nuno Firmino

Paulo Nabais disse...

Ninguém é ninguém. Penso assim.
Gostei do que li.

Um abraço.

Cristiano Contreiras disse...

Fazer com que escrevas o essencial do próprio sentir.

Bill disse...

Alguém aqui adorou o que leu =]

Fiquei lendo e relendo:

Se eu fosse alguém, escrevia
Se eu fosse alguém, fazia
Se eu fosse alguém sabia
Se eu fosse alguém veria

Nossa =] adoreiiii demais =]

Beijo no coração

:*******

ACENDALMA disse...

Bem... desculpa, mas tenho de postar este comentário: não me sai da cabeça o título do primeiro filme que vi em cinema "O Meu Nome é Ninguém" [apenas o título, o filme não conta]...

Talvez

Kaos disse...

Tu és muito mais que um ninguém, és alguém muito especial e que escreve coisas também elas muito especiais. Consegues por isso ser muito mais que um simples alguém.
bjs

sonia r. disse...

És alguém muito especial. Bom dia Tb. Bjinho.

amadis / pintoribeiro disse...

Bom dia, um beijinho.

Rui Martins disse...

estranha mesma é a semalhança entre "al-guém" e "nin-guém"... bem que gostaria de conhecer as raízes etimológicas da coisa... especialmente porque esta semelhança não resulta certamente de uma coincidência...

amadis / pintoribeiro disse...

A amizade será a base de qualquer relação, penso...
Bjinho.

Anónimo disse...

Eu sou um ninguém que ao beber da fonte da tua verve, me torno um alguem belo, leve, puro...
Cada vez mais inspirada e solta...e liberta.
Serão os falmingos no areal de alcochete que te inspiram e nos fazem aspirar a todos nós k te lemos?

Anónimo disse...

O teu poema faz de ti "alguém" especial. Esse amor por "ninguém" é na verdade o "amor universal", que humaniza a todos.
Lindas palavras, lindo poema.
Beijos do Ceará,

Dora disse...

Todos nós somos "alguém". Você é alguém. E eu quero brincar com você, montando seu "puzzle", de várias maneiras, sempre participando dele, para estar mais próxima de você!!
Um beijo para alguém, que é você!
Dora

gentilezadocaralho disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
António disse...

Querida Teresa!
Todos somos "alguém"!
Só quem persiste em não o reconhecer é que é "ninguém".
Gostei do post!
Obrigado pelo teu comentário.

Beijinhos

ALF O Extasiado disse...

Já ouviste a expressão "ninguém é perfeito", portanto se tu és ninguém, é perfeita.
:)

bjinhs

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Valeria disse...

Oi , acabei de ler seu comentario e vou te enviar um email te explicando como colocar o selo ok ... beijo grande

Valeria disse...

( rindo ) nao achei teu email aqui no blog rsss mas vá nessa pagina http://www.blogueiros.com/ e la vc terá como pegar o troféu mas se tiver duvidas , me passe teu email e eu lhe ajudarei com maior prazer ... beijos

Plum disse...

Tens o Dom de transformar em poesia meras letrinhas que vais agrupando!**

Nilson Barcelli disse...

Somos sempre alguém e ninguém.
Depende só do ponto de vista...
Beijinhos.

legivel disse...

não há ninguém
que o não seja;
tu és alguém
e quem assim verseja.

e quem assim verseja
quando passando
sempre te veja
também brincando...


beijinhos.

benechaves disse...

Oi, amiga: a relação entre alguém e ninguém em um texto que diversifica seus significados. Ser alguém ou ninguém, eis a questão. Versos que dizem muito sobre as duas palavras. Atravessei um oceano um tanto alvoroçado - o que é sempre bom, pois vim dar-lhe minhas boas vindas e saudosas idas.

Um beijo acolhedor...

Betty Branco Martins disse...

Olá Tb

Deixo-te com muito carinho um excerto de um poema de Alberto Caeiro "Dis-me"

"Sei que a pedra é a real, e que a planta existe.
Sei isto porque elas existem.

Sei isto porque os meus sentidos mo mostram.
Sei que sou real também.
Sei isto porque os meus sentidos mo mostram,
Embora com menos clareza que me mostram a pedra e a planta.
Não sei mais nada.

Sim, escrevo versos, e a pedra não escreve versos.
Sim, faço idéias sobre o mundo, e a planta nenhumas.
Mas é que as pedras não são poetas, são pedras;
E as plantas são plantas só, e não pensadores.
Tanto posso dizer que sou superior a elas por isto"...

Beijinhos com ternura - muita

sonia disse...

Beijinho de bom dia TB.

pintoribeiro disse...

Bom dia, abraço,

Louco de Lisboa disse...

Que brincadeira tão apetecivel, isso sim é brincar com as palavras. Serás alguém!!
eeheheheh
Pois, falta um bocadinho assim | |

Kiss, até outro instante

Outsider disse...

Que bem que brincas connosco!!! As tuas brincadeiras fazem-nos bem e preenchem-nos.
Tu és alguém que escreve como ninguém...
Beijinhos!

Belzebu disse...

Ninguém brinca com as palavras a não ser alguém como tu!

Excelente!

Saudações infernais!

agua_quente disse...

Todos somos alguém. E eu gosto muito das tuas "letrinhas" :)
Beijos

Rui disse...

Mas para brincar é preciso saber, ver e fazer. :)