02/07/06

excepções...



...olho o reflexo de mim e apreendo-o diferente do resto da multidão...

estarei só? talvez não...

foto: mil imagens- F. Quintino Estevão

16 comentários:

sa morais disse...

Claro que não estás só, amiga! Todos os nossos reflexos são diferentes, apesar de parecidos. È essa nossa singularidade que nos torna especiais. Uma multidão pode representar solidão de um individuo, mas como somos únicos e, ao mesmo tempo sociáveis e parte de um todo, talvez ninguém esteja sozinho...

jinho.

PS: vê lá então se te sai o euromilhões para depois me dares uma oferta :)

Margarida Matos disse...

O reflexo externo é diferente de pessoa para pessoa.
e o reflexo interior?

:)

beijos doces no croação do teu coração

Isa Calixto disse...

Excepções...que fogem à regra!
Linda foto, com a companhia das tuas reflexões...que fazem uma solidão crescer e amar e ser amada em multidão...

Jinhos de boa semana

Francisco Sobreira disse...

Querida Teresa: É curioso que o que você diz está em contradição com as suas palavras na apresentação da sua casota: "Acho que as pessoas me conhecem melhor do que eu". Será que isso é verdade? Penso que estás mais certa no texto. É a minha opinião cara Amiga. Um beijo afetuoso e uma excelente semana.

Cristiano Contreiras disse...

Reflexo da alma nossa que, por vezes, não se define...

Bill disse...

Estará sim seguindo seu coração, só nunca estará. A multidão que vê são os que ainda não descobriram o seus próprios caminhos e caminham para o lado errado.

Linda imagem e palavras que nos faz pensar...

Linda semana pra tu moça bonita.

:****

Kaos disse...

No nosso reflexo até de nós próprios estamos diferentes, e nos outros tudo o que vemos também só lhes vemos os reflexos daquilo que são. Todos nós estamos sós no meio de uma multidão o que por mais estranho que pareça nos faz nunca estarmos sós. Essa é a beleza de sermos diferentes de todos os outros.
bjinhos

Luiz Carlos Reis disse...

Somos reflexos singulares da nossa imagem interior que reflete-se para o lado exterior. A bondade, um gesto de carinho ou humanidade...um brilho áurico que sincroniza nosso estado de espírito e nossas virtudes.
Abraços joviais!

Licínia Quitério disse...

Estamos sempre sós. Somos seres únicos. Mas isso não nos obriga a ser infelizes. Só precisamos de nos encontrar com a solidão dos outros, não achas?
Beijinhos.
Licínia

Louco de Lisboa disse...

Não, não estás só...
Terás o meu reflexo por companhia!

A foto é linda...

Um beijo, até outro instante!

mitro disse...

Só não estás! Eu estou do outro lado do espelho...

Nilson Barcelli disse...

Tu és única e irrepetível, mas não estarás só.
Excelente fotografia.
Beijinhos.

cinza disse...

Não!

joao marinheiro disse...

Olá, nunca estamos sós...Temos o outro lado de nós esse sitio escondido onde só nós sabemos o caminho de ida e o de regresso.
Beijo com brisa do tejo...

Fernanda disse...

Ser você mesma não fará de você um ser solitário. Muito pelo contrário, te fará parecida com muitos outros, que só querem encontrar sua verdadeira identidade...

Bjs e linda semana!

Um Poema disse...

Será que não estamos todos um tanto sós?
Um abraço