20/07/06



Amor sem tempo nem pressas onde a alma se mistura em amenas conversas...

início de caminho de alma e corpo partilhados...

34 comentários:

legivel disse...

... exactamente para onde vou. Para um tempo sem pressas, que já estava a precisar de dar descanso ao blog.

Até um dia destes...

Luis Carlos disse...

TB,

É aí que o corpo descansa e a alma o acompanha. Onde o corpo se encontra com alma, que faz de nós seres unos, e não seres divididos.

Até já,
Luis Carlos

mitro disse...

Que se fornique o amor!

(Não conheço dor que mais doa que essa coisa do amor romântico!)

Kaos disse...

É a melhor altura, em que há tempo para tudo e para nada. Em que se descobre, se imagina e se sonha a partilha. O inicio de uma estrada da qual não se sabe o destino, mas se acredita nos vai levar a um qualquer paraiso.
bjinhos

collybry disse...

É mesmo assim, seria bom sem pressa sem tempo, a flutuar no ar do prazer de ser...
Meu esvoaçar...
Cõllybry

Te ofereço a rosa que está no post da semana passada...vai e pega
se quiseres tambem pega meu beijo...
Fica em é o meu desejo...

Leandro Jardim disse...

a beleza estampada de momentos assim!

Nilson Barcelli disse...

Como eu percebo essas tuas belíssimas palavras.
Nem imaginas como eu gosto de conversar no contexto que abordaste.
Beijinhos.

Fernanda disse...

Amar faz com que sintamos no corpo a alma expandir-se... irromper barreiras... e se instalar no corpo do outro...
Feliz dia do amigo pra vc!
Bjs

sá morais disse...

E toda a partilha devia ser assim...

Um grande jinho para ti, amiga!

sá morais disse...

noctis2006@sapo.pt

tuga disse...

Calma....sem pressas, gozando o momento.!!!!

Bruna disse...

Todos os momentos deveriam ser assim...
Porque não o são?

Beijos e uma ótima sexta!

Bill disse...

Amor por amar... Amor por viver...

Sempre e sempre assim deveria ser =]

Amiga, tenhas um ótimo fim de semana .
Beijo no coração.

:***

Nina disse...

Ai, que coisa linda...

=]~

Saudades daqui...

Ah, atrasada, mas vale, Feliz Dia do Amigo!

pintoribeiro disse...

Lindíssimo. Bfsemana.

yora disse...

Cada um pode ter esse sítio só para si. Basta querer. Basta sonhar.

visitem e comentem o meu blog conforme entenderem :D

vida de vidro disse...

Esse é o amor pleno e belo como esse mar... :)**

de Matos disse...

excelete foto, a condizer com as palavras, bonitos momentos.

bjs e bom fim de semana

Isa&Luis disse...

Já sabes o que eu penso. Precisarão os outros de saber também?
Então eu digo tudo: muito belo, porque eu o entendo em toda a sua profundidade.
Um beijo
Luis

Mikas disse...

Esta semana estive o privilégio de estar junto de um mar maravilhoso... voltei com as energias mais que carregadas.

ALF O Extasiado disse...

Claro, paciência.
Deixar se levar pelo vento ou pela correnteza do mar.

Lindo.

Tenha ótimos dias.

beijos.
:)

Isa Calixto disse...

O Mar, numa partilha com a Terra onde se partilham sem pressas...
Adorei estas tuas palavras...tão breves e com tanto...

Um beijinho de um bom fim de semana

Amaral disse...

Gostaria de poder participar como habitualmente nestes comentários mas, neste momento, é-me impossível!... Tudo de bom para ti!

benechaves disse...

Olá!

O amor não deve nunca ter pressa. E, então, diante dele, amar-se com todos os sentidos possíveis.
Grato pelo transcurso do oceano e ida ao nordeste natalense.

Um beijo de cá...

Belzebu disse...

A serenidade no amor é fundamental! É então que o corpo e alma encontram o espaço para a fusão que o tornam mágico!

Saudações!

desire e your shell disse...

obrigada pela visita

beijos

desire

Clarissa disse...

O infinitoem forma de onda...
Beijo grande

marakoka disse...

bela foto. gostei das palavras...
jocas maradas

Um Poema disse...

"...alma e corpo partilhados". A essência do amor, sem pressas nem tempo.
É bom ler-te.
Um abraço

PiresF disse...

Assim deveria ser.

Linda a frase que nos indica uma abordagem muito interessante ao amor, porque serena, como desejamos o amor.

A paixão é outra coisa e deve ser a essa que o/a Mitro se refere.

Grande abraço e uma excelente semana.

Rui Martins disse...

o Tempo... Essa grande ilusão, fruto da limitada capacidade dos nossos sentidos e grande prisão do nosso ilusório Eu.. Bela frase...

Magia disse...

Caminhar no tempo sem pressas apura a sensibilidade da alma...desperta o corpo para o Amor...e se for nessa paisagem com o cheirinho a maresia...tanto melhor...

Nilson Barcelli disse...

Uma boa semana.
Beijinhos.

diabinho disse...

Amor saboreado... :-)