15/07/06

amar


Fechei os olhos para não te ver
e a minha boca para não dizer...
E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei,
e da minha boca fechada nasceram sussurros
e palavras mudas que te dediquei...
O amor é quando a gente mora um no outro.

(Mário Quintana)

foto: 1000 imagens

32 comentários:

A Cor do Mar disse...

"O amor é quando a gente mora um no outro" : longe ou perto, ou na saudade de tempos passados. Gostei muito. Um grd beijinho e b domingo*

Isa&Luis disse...

E é muito triste quando a gente não mora em ninguem e ninguem mora na gente!
Muitos beijos.
Luis

rouxinol de Bernardim disse...

Essa da morada conjunta tem muito que se lhe diga! Mas... quando a entrega é total, existe essa plenitude que estás gozando. Continua!

Rui Martins disse...

e como é difícil encontrar morada... e como recompensa encontrá-la...

Kaos disse...

Porque nos faz sofrer tanto o amor quando é o sentimento mais maravilhoso para se sentir.Quem nunca partiu o coração e quem não o voltou a colar para amar de novo. Faz parte da vida de todos nós.
bjinhos

benechaves disse...

Olá!
Descendo aqui do litoral nordestino e atravessando o oceano bravio para me deliciar com os versos de 'Amar'. Sempre é bom morarmos 'dentro' um do outro quando existe um amor verdadeiro não?


Um beijo dentro do mar...

legivel disse...

"... o amor é quando a gente mora um no outro."
Imagem azul-de-felicidade.

Quase me apetece perguntar: «E quem paga as despesas de condomínio?»

beijo e um bom resto de domingo!

Isa Calixto disse...

...amar...é o outro morar dentro de nós...ainda que nós, não moremos dentro do outro...

O amor dito por Mário Quintana..."quando a gente mora um no outro"
Lindo...tudo sentido nas palavras!

Um beijinho de uma boa semana

vida de vidro disse...

É inevitável que a atenção se prenda nesse último verso, tão belo ele é. Afinal resume tão bem um sentimento pleno! **

Nilson Barcelli disse...

Morar um no outro é que é a parte difícil da questão.
E é tão fácil e tão bom...

Beijinhos e boa semana.

Bill disse...

Quintana... Lindo demais essas palavras...

“O amor é quando a gente mora um no outro.”

Maior verdade...

Linda semana pra tu moça...

:***

Cristiano Contreiras disse...

Quintana sempre me define!

Nilson Barcelli disse...

Uma vez mais, boa semana e sê feliz.
Beijinhos.

TMara disse...

os textos de Mário Quintana são, invariavelmente, soberbos.
A imagem k escolheste, onde tudo, menos o rosot e amala, a mala ao ombro se destacam joga bem com o humor e o absurdo k ele utiliza. Boa semana. Bjs e ;)

Francisco Sobreira disse...

Querida Amiga: Que presente pra mim (e acredito para os seus demais visitantes) ver esse poema de um dos poetas brasileiros que mais admiro. Parabéns pela escolha Um beijo afetuoso e uma excelente semana.

PiresF disse...

Mário Quintana tem de facto pensamentos excepcionais, a última frase é bem exemplo disso, direi mesmo, que é uma sublime definição de amor.

Não menos linda é a homenagem que fases no post anterior.
Sabes que hoje, são poucas as manifestações públicas de amor, sejam quais forem, e é tão importante passar esses testemunhos, essas vivências e esses estados de alma. Nestes dias em que todos parecemos arredados do verdadeiro sentido da vida, haja quem não se esqueça do caminho a seguir.

Grande abraço.

mitro disse...

pois é....
O amor esse eterno maldito!

dark disse...

também gosto do trabalho do M. Quintana, apesar de não conhecer a totalidade.
Boa semana

dark disse...

também gosto do trabalho do M. Quintana, apesar de não conhecer a totalidade.
Boa semana

Fernanda disse...

Concordo plenamente "o amor é quando a gente mora um no outro". E como bem disse Alice Ruiz, "Depois que um corpo comporta outro corpo, nenhum coração suporta o pouco".
Bjs e linda semana!

Luiz Carlos Reis disse...

Mário Quintana...é como a essência que define toda a poética dos seres.
Abraços! Obrigado por me linkar, teu blog já é favorito!

[ ^__^ ]

ALF O Extasiado disse...

muito lindo esse poema de mario quintana.

Ah o amor. Sentimento dificil de ser explicado, mas bem facil de ser praticado.

bjos pra ti

Um Poema disse...

Boa escolha, este poema de Mário Quintana. Parabens.
Um abraço

gato_escaldado disse...

um prazer ler-te e partilhar as tuas escolha. beijos

Outsider disse...

Olá TB! Já não vinha cá há uns tempos e por isso peço-te desculpa. Como sempre os posts estão fabulosos e já sinto a alma revigorada... Que saudades tinha deste teu cantinho onde as palavras e as imagens nos inundam de bem estar. Muito Obrigado.
Que bem é morar-mos em alguém e termos alguém a morar em nós. Por vezes é difícil encontrar a morada certa, mas quando a encontramos é uma felicidade...
Beijinhos.

Miriam5 disse...

Amor é de facto quando moramos um no outro.
Mas se nos fechamos no silêncio estamos a afastar-nos porque "amar alguém em silêncio, é dizer adeus devagar"
Um beijinho

© Piedade Araújo Sol disse...

escolhes-te bem...Mário Quintana, tem poemas muito belos...

pintoribeiro disse...

Soberbo. Sempre. Boa noite.

Rui Martins disse...

sabes que recebo muitos acessos ao meu blog por causa da palavra/nome "quintana"?... é que muitos dos meus posts são arrumados dentro da categoria "Movimento Quintano", que nada tem a ver com quintana (acho q é um nome de origem espanhola ou mexicana)... curioso, não é?

PiresF disse...

Só vim espreitar.

Abraço.

Dae-su Oh disse...

E é muito bom amar e ter amor, as tuas palavras transmitem essa sensação a cada poema que escreves. Bonito.

Anónimo disse...

Very nice site! »