13/12/06

abstrações...


Caminho distraida pela praia...
olhando o chumbo e prata, reflexo de um dia sem sol.....
ouço ao longe o piar das aves....
a espuma das ondas lentamente vem beijar-me os pés,
levando consigo a marca das pegadas...

31 comentários:

Plum disse...

Conheço tão bem essa sensação!!!!

abraços!*

Rui Martins disse...

nada é mais transitório e nesse aspecto mais sábio que as formas deixadas na areia... mesmo o mais forte, robusto e grosso castelo de areia é levado pelas ondas mais cedo ou mais tarde... e poucas coisas servem de melhor lição sobre a transitoriedade e perenidade da Vida do que esse castelos...

collybry disse...

Tambem é uma boa sensação caminhar
pela praia nestes dias de inverno____________bjoca

amadis / pintoribeiro disse...

Belíssimas. Boa noite, abraço,

agua_quente disse...

E desses momentos retiramos a serenidade.
Beijos

Um Poema disse...

Gostei!
Um abraço

Kaotica disse...

E assim se vão as energias negativas por água abaixo, deixando-te essa pessoa maravilhosamente bem humorada que és! Abensonhado mar que nos lava a alma!
Bjos!

amadis / pintoribeiro disse...

Bom dia,

Luiz Carlos Reis disse...

Abstrações e ambulações da alma...Estado de completa reflexão ... sentimentos profundos e sublimes!

fica muito bem...!!!! Abraços daqui do outro lado do mundo!!!

Kaos disse...

Um mando um beijo, não do outro lado do mundo, mas do outro lado do rio e dessa água que te apaga as pegadas, mas não essa alma sempre cheia de risos e gargalhadas.

Rui disse...

Reflexos de um dia de sal.
As memórias das pegadas, essas, ficam.

PiresF disse...

O chumbo e prata da imagem, que bem conheço olaré, faz-me mas é ter vontade de borralho.
Não achas que o tempo está assim que a modos, de pouco convidar a meter o pezinho na areia e muito menos deixar que a espuma que devia estar salgada viesse lampeira beijar o pezito?
Brrr... só de pensar, já estou com frio.
...e frio não rima com serenidade.

Grande abraço.

Zé(do beco) disse...

Também gosto do mar de Inverno. Não tem tanto colorido mas tem a força da vida.

Amaral disse...

E assim criaste os teus momentos, um abraço à solidão, uma carícia à força da natureza, um sentimento de unidade...

as velas ardem ate ao fim disse...

Adoro abstrair me.Faz me bem

bjinhos

Jorge P.G. disse...

Olha tb, eu não sou de nhá-nhá-nhás!

Escreves bem, não sei qual é a tua formação académica, mas não saíste recentemente da Faculdade de Letras, de certeza! Ou não escreverias assim!
Li o teu conto, mas tem lá tanto "trânsito", que fugi por este atalho.
Gostei do conto. Curiosamente, também me deu para escrever um ,há uns dias já. Mas não entrei em concurso, nem sequer sabia da sua existência.
Como gostei do que li, vou linkar o teu espaço, para que não me perca nas visitas.

Um abraço.
Jorge G

Bill disse...

Hummm e levemente beijado pela agua salgada, o olhar contorna o horizonte como uma curva do tempo... Beleza e simplicidade de fundindo na linha fina e tênue.

Lindas palavras dona moça =]

Me trouxe calma =]

Beijo na alma.

:***

ALF O Extasiado disse...

Que caminhe em paz e com luz no coração.
Serenidade como essa não existe.

Belo post.
beijos
;)

Nilson Barcelli disse...

Distraída?
Não me parece... para quem tão bem sabe observar as coisas belas da vida...
Bom fim-de-semana.
Beijos (mas não nos pés...)

Plum disse...

Bom fim de semana!!!*

Anónimo disse...

olha... de repente pareceu-me Alcochete. Lembrei-me de um passeio maravilhoso que aí demos as duas. E depois levaste-me para os meus passeiros à beira mar aqui em Espinho onde temos uma enorme extensão de praia e mar.
Feliz Natal querida.
Beijos.
Carmen

mitro disse...

A Natureza perdoa... Apaga as nossas pegadas, para que possamos escolher outro caminho.

Just_me disse...

Adoro passear na praia, é uma sensação muito boa...
:o))

Kaotica disse...

Obrigada pela visita lá ao Conto Livre. O mestre deu uma mãozinha mas depois me deixou autónoma e eu lá vou tacteando surpreendendo-me a mim própria. A ideia que achaste boa é extensiva a ti também. Bem podias escrever um conto para o colocares lá no Conto Livre. É só dares sinal verde e eu mando-te um convite para passares a fazer parte da equipa. Não tem compromissos... o bom da net é a gente fazer só o que nos dá na real gana.
Bom fim de semana nesse lindo sítio à beira rio plantado.
Bjos para vocês!

Anónimo disse...

Eu tb tenho uns espaços assim....
É tão bom saborear esses momentos....

beijinhos

benechaves disse...

Que bom estar com os pés descalços na areia a sentir aquele friozinho da água salgada até os mesmos, hein? Que bom sentir-se livre para poder correr mar adentro e nadar ao ar corrente de um tempo ao vento a azucrinar nossos ouvidos e sensações. É a vida, é a natureza!

Um beijo n'água...

ALF O Extasiado disse...

Vim desejar o inicio de uma linda semana.

beijos

amadis / pintoribeiro disse...

Boa semana, bjinho.

António disse...

Querida Teresa!
Uma excelente combinação de uma magnífica fotografia com um poema (ou prosa poética) muito lindo e terminando de forma metafórica, digo eu.

Beijinhos

PiresF disse...

Só para dar um abraço.
:)

Parapeito disse...

Olha este!!!!!! Gosteiiii de o ler de novo :)))