26/05/11

Alecrim

Talvez não saibas
mas os dias mais
brilhantes
são aqueles
em que o vento
me traz um cheirinho
a alecrim,

Talvez não lembres
os dias felizes
em que o alecrim
floria nos teus olhos
e os sonhos eram
eternizar
a Primavera.

12 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

tanta ternura!

o amor anda no ar.

beij

AC disse...

A beleza de palavras e sentimentos que um alecrim pode despertar...!

Beijo :)

Graça Pires disse...

E o cheiro do alecrim inundou-me.
Obrigada.
Um beijo.

Eduardo Aleixo disse...

Simplesmente belo
E terno
Beijinho.

teresamaremar disse...

Lindo! :)
alecrim, jasmin, flor de laranjeira... a memória olfactiva é poderosa.

teresamaremar

Nilson Barcelli disse...

Não sabia...
Mas sei que o teu poema é magnífico.
Gostei imenso.
Beijos, querida amiga.

Rosário disse...

Que lindo...Teresa! E adoro alecrim:)
Beijinho!

Rosarinho

Parapeito disse...

:) eu sabia...
tal como tambem sei porque choram ás vezes os teus olhos...
alecrim alecrim aos molhos..
gostei destas brisas perfumadas de alecrim com que nos perfumaste...
Hoje levas um abraço ruim *

Rui disse...

Quando os sonhos se mostram no olhar de quem se ama, faz-se Primavera no jardim da alma.
Um belo poema.
Uma linda "recordação".
Um intenso perfume.
***

Anónimo disse...

Belo. Senti a fragância do alecrim! Beijos, querida T.B.



Et

Anónimo disse...

Escrita em tinta de água,lavanda e sedas gastas.

Beijo
Jorge Matos

Nilson Barcelli disse...

Reli e regostei...
Querida amiga TB, bom fim de semana.
Beijos.