15/08/06

realidade e fantasia


Hoje apetece-me deitar na minha pedra
abraçar o mundo,
elevar o coração ficando em silêncio com a natureza fazendo parte dela.
Esquecer a realidade, as guerras, os homens que se matam, se maltratam
as crianças que choram
a natureza que arde
as mãos que nasceram para o amor, mas se esqueceram...

foto:www.olhares.com

37 comentários:

Rita Contreiras disse...

Fazer contato com a nossa verdadeira natureza, com a nosa essência é como um bálsamo para sanar as dores internas. Abraço carinhoso.

Um Poema disse...

Que bem defines o sentir elevado da alma que necessita apartar-se da dor para abraçar o belo. É bom ler-te.
Um abraço

Francisco Sobreira disse...

Querida Amiga: Estou cada vez mais gostando por fazeres poemas mais longos. Embora, como já te disse, aqueles de um verso só não me desagradam.(Mas, peloamordedeus, não vás pensar que estou querendo influenciar-te. Que faças teus textos sensíveis, delicados, lúcidos, da forma que melhor te convier.) Vi, há pouco, tua segunda visita ao meu blogue. Amanhá é que estarei atualizando-o Um beijo afetuoso.

Kafé Roceiro disse...

Para os que são do bem a realidade é voraz. Beijos do Kafé.

Bruna disse...

O contato com a natureza revela o melhor de nós...!

Beijos

Bill disse...

Hoje, queria um dia raro, daqueles que quase homem nenhum se lembra, daqueles que nem mesmo as historias antigas tem registro... Queria um dia de paz...

Lindas palavras dona moça =]
Sabe que adoro vir aqui sempre né...
Obrigado pelas palavras no RT =]

Beijos e otimo dia pra tu

:***

diabinho disse...

A vida nem sempre é fácil.
Mas nós podemos sempre pensar em como podemos nós contribuir para a melhorar...
Beijinhos

Mikas disse...

A natureza é ainda um escape possível.. mas nao tarda mesmo ela pouco terá para nos oferecer.

Catia disse...

bem o teu blog é lindo, as imagens, as frases...mas, sabes, tenho a certeza que, mais lindo ainda, é tudo aquilo que ainda tens por dizer :)

venho visitar-te mais vezes :)

beijinho

tuga disse...

Ola de novo
Bonito o que escreve. Parabens

Kaos disse...

Também eu me sinto assim muitas vezes, mas infelizmente a realidade cai sobre nós de forma impiedosa. Mas, espero que consigas aproveitar cada minuto destes momentos para descansar a alma.
bjos

Lena Casas Novas disse...

Linda Reflexão!

Little Girl disse...

Quando li o teu texto fiquei com uma grande vontade de chorar...porque o ser humano é cruel...

Beijos

Fernanda disse...

Que vontade de me abraçar, me sentir inteira e esquecer do mundo...
Suas palavras, sempre cheias de magia e concretude!
Bjs

Luna disse...

Precisavamos de mais tempo unos á nossa pedra , para desbravar a beleza da alma
beijos

Rui Martins disse...

e veja-se ne, a nossa Sorte que podemos falar das guerras e dos sofimentos dos outros, do Iraque ao Afeganistão, passando pelo Líbano e Israel e Palestina... Sorte de ter nascido em Portugal, pese embora todos os defeitos da portugalidade...

Nilson Barcelli disse...

Fazer o que nos apetece sabe sempre bem.
Esquecer as coisas más e lembrar as coisas boas, ainda sabe melhor...
Beijinhos.

Ana Luar disse...

Chega para lá TB eu tb quero ficar aí contigo... posso?

Cristiano Contreiras disse...

Pura calmaria, o ser necessita.

anirac disse...

olá, já dizia um prof meu, sentir a pedridão da pedra***beijo

Kafé Roceiro disse...

Vim te ver de novo.Beijim.

Um Poema disse...

Obrigado pela força e palavras de simpatia que me deixaste na nova janela "A Fotografia". Creio que é tempo de dividir com os amigos esta minha paixão.
Um abraço

pintoribeiro disse...

Difícil alguns perceberem...bjinho.

ALF O Extasiado disse...

O mundo está cego para as verdadeiras belezas. Esqeucemos como cada um é importante para o outro.
O amor simplesmente foi deixado de lado.
Mas são pessoas como você que renascem fios de esperança em almas crentes e infelizes.

Lindo texto e bela imagem.

beijos
;)

Luiz Carlos Reis disse...

A realidade deve ser encarada de frente, infelizmente. Entre as coisas boas a energia da natureza está para tonificar a alma à todo instante...nos momentos mais singelos.
Abraços no coração

Mac Adriano disse...

E lá ao fundo está o céu cor-de-laranja. É o pôr-do-sol ou será Portugal a arder?

Doces Momentos disse...

li-te e gostei, quero tambem agradecer a tua visita.
vou voltar

Maria Clarinda disse...

Vim parar ao teu blog hoje, viagei por ele e adorei!
Parabéns.

José Manuel Dias disse...

Sintonia entre as palavras escritas e as imagens da foto. Parabéns!

Margarida disse...

Olá olá

vim te deixar um beijos doce !
tive de eliminar o meu outro space por causa de alterações que os da msn fizeram....agora ando numa de visitar que já lia... :) lá vou dando com a vossas casas :)
Sempre excelente o teu cantinho!


bom fim-de-semana e até...

A Cor do Mar disse...

Muito lindo ;) Deixo-te um abraço e beijinho*

Isa&Luis disse...

As mãos nasceram para o amor, mas se esqueceram...
Um beijo.
Luis

legivel disse...

Pois é. De vez em quando precisamos de fazer um pequeno descanso dos males que vão pelo mundo. Sobretudo para reflectirmos.

Estas férias já foram.

beijos.

de Matos disse...

Boa foto, e deixa-me que te diga, a mim apetece-me isso todos os dias... porque sera?

bjs e bom fim de semana

Mikas disse...

Nova casa: www.blogdamikas.blogs.sapo.pt

Anónimo disse...

olá bom dia...e um sorriso
como é bom estar em harmonia com a naturea e deixar que ela molde nosso pensamento d emodo a poder diferenciar o belo do agreste...
ha momentos que ao apreciarmos a beleza da natureza , nos faz lembrar o quaõ pequenos nos tornamos perante tal encanto...

é a beleza do olhar que nos faz sentir o momento deixando transparecer o nosso ser e a nossa sensibilidade pintando a paisagem de acordo com o nosso sentimento...através da tua mão escrevendo o teu olhar...
o mundo fica bem mais rico com a tua existência....
obrigado

disel
e tu

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.