20/08/06

mundos paralelos...



... e como a delicada e aveludada flor espalharemos os néctares e faremos a vida acontecer...

48 comentários:

Dae-su Oh disse...

Onde há flor há vida, mesmo nos sitos mais inóspitos podemos plantar uma flôr e dar-lhe vida.

Sophie disse...

... e assim são as palavras escritas, possuem um magnetismo especial, libertam, acalentam, invocam emoções.
Elas possuem a capacidade de em poucos minutos cruzar mares, saltar montanhas, atravessar desertos intocáveis...
... e assim são as palavras, marcam um momento que será eternamente revivido por todos aqueles que as lerem.
Adorei o teu blog!
Um beijo perfumado.
Sophie

Rosalina disse...

e como é bom acontecer!

Lee disse...

Apetece cruzar o paralelismo dos mundos quando os vemos aveludados. Cruzemos tudo, menos os braços.

Kafé Roceiro disse...

Achei tristinha, essa!

Nilson Barcelli disse...

Não andamos cá para outra coisa, não é?
Nunca tinha visto uma flor preta, que me lembre... mas é bonita.
Beijinhos.

benechaves disse...

Olá amiga!

E como é bom abraçar o mundo nesta vida entre a realidade e a fantasia a espalhar néctares para um viver melhor!! Belos versos!

Um beijo nordestino...

de Matos disse...

uii, fascinante a foto, fosse a nossa vida tao bela como ela...

bjs e bom resto de domingo :)

Patty disse...

Belíssima mistura de imagem e profundas palavras...
Um beijo e boa semana

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Oi!
Grato pelo link.
Beijos do *CC*

Um Poema disse...

Bela a imagem... e que a vida aconteça.
Um abraço

Bill disse...

E assim no primeiro raio de sol, depois de um banho de lua, iremos no mar navegar, encontrar o começo de um tudo que espera por nós nessa vida.

Oh minha amiga, que bela imagem que me fez suspirar aqui, seguidas de seus pensamentos doces... um grande instante pra mim.

Linda semana moça linda, cheia de descobertas e felicidade.

Beijão

:****

tuga disse...

E como bela e fascinante que é, há que a proteger, não vá ela ser polinizada por alguma aberração!!!

diabinho disse...

K belo pensamento....
Beijinhos...

sabr disse...

Muito bonito. Bom dia TB.

mar_praia disse...

Não sei dizer como aqui cheguei mas acho que posso dizer que agora já não mais vou esquecer o caminho...

Dei uma vista de olhos pelo blog e fiquei fascinada...
Ou são as fotos que encantam ou os curtos pensamentos que as enquadram que tornam cada post mágico...

Gostei mesmo muito de ter vindo aqui parar...

Beijos e votos de um bom começo de semana!

Su disse...

faremos! faremos?

jocas maradas

Kaos disse...

Quando olho para a natureza e para as suas construções e para aquelas que o homem faz, descubro que somos nós quem não tem jeito. A natureza é perfeita e o homem um parazita que por cá anda a estragar aquilo que de mais belo há
bjos

mitro disse...

... e contudo a flor é negra!

legivel disse...

Que a vida aconteça pois então! E brindaremos a ela com o mais saboroso néctar. E um sorriso.

beijo.

sonho disse...

Preta?

Gostei de sonhar aqui... sonharei mais vezes

Beijoquitas Di

Louco de Lisboa disse...

Linda flor...

.*.Magia.*. disse...

..no delicado mundo da flor, somos nós o seu mundo pararelo...

Rita Contreiras disse...

Que possamos aprender a delicadeza das flores, a fim de imprimirmos no mundo a beleza e a ternura das quais ele tanto carece. Um abraço carinhoso.

sabr disse...

Bom dia.

Belzebu disse...

E depois de dar vida,o mais fascinante é acompanhar o seu crescimento!

Fernanda disse...

Fazer a vida acontecer... confesso que estou tentanto e me parece estar dando certo... só falta um amor do estilo "pra vida inteira"...rs

Bjs e até!!

Amaral disse...

A vida acontece, consciente ou inconscientemente, quer queiramos quer não!
Mas todos temos uma ideia de felicidade que batalhamos para alcançar... e nem sempre o conseguimos!...

ALF O Extasiado disse...

ai ai...
assim me "derreto" todo hehe.
Fico emocionado ao ler essas palavras.
É interessante que não só aqui, mas em uns blogs que conheço também ficaram assim floridos.
Flores...
Sempre apaixonantes.

beijos minha flor.
;)

Sofia disse...

"Fazer a vida acontecer". Esse deveria ser o compromisso diário de todos nós !! É tão triste ver as pessoas que ESPERAM a vida acontecer ...
Abraços,

Luiz Carlos Reis disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Luiz Carlos Reis disse...

Mundos paralelos...dimensões inexploradas...real ou subjetivo?
Primorosa a essência das tuas palavras...
Abraços apertados!

Bruna disse...

Linda flor!!

Deixemos a vida acontecer...!

Beijos

Nilson Barcelli disse...

Já matei a saudade...
Beijinhos.

Bruxinhachellot disse...

Que a vida aconteça com um suave amanhecer explendorosa.
Vim visitar-te e gostei daqui.
Beijos espirituosos.

sabr disse...

Bom fim de semana. Fica bem.

Mikas disse...

O acontecimento da vida é tão lindo, tão banal mas ao mesmo tempo tão miraculoso.

sonia r. disse...

Perfeito. Bom fim de semana TB.

Isa&Luis disse...

E basta deixar a vida acontecer para que os néctares se espalhem e façam as suas combinações livremente...
Um beijo
Luis

PS<> Finalmente, e já não era sem tempo, vesti-me à maneira, arregacei as mangas e aprendi hoje mesmo a colocar links no Virtual Realidade!
O teu também lá está a partir de agora.

cinza disse...

Transformar essa flor escura num pedaço multicor.... Ela já mostra um pedacinho roxo desse nectar...

benechaves disse...

Olá amiga!

Voltando cá depois de transpor um oceano bravio. E para não perder a longa viagem, convido-a a apanhar novos sonhos lá no meu recanto nordestino.

Um beijo além mares...

Mac Adriano disse...

Que se me desculpe a ignorância, mas... há flores pretas?

agua_quente disse...

E que linda é a flor! :)
Beijos

Joshua disse...

A velha rua por onde circulas tem as mesmas marcas dos outros dias. Os postes de iluminação sujos, as bermas sujas, nos passeios os mesmos dejectos caninos, agora pulverizados por incautos pés, depois de desidratados sob um sol estival que se despede, entristecendo numa beleza e silêncio tocantes.

Ao passar pelos mesmos, como tu és o mesmo, cumprimenta-los igual a ontem, sem uma palavra meiga extra, e mal sorris. Se pudesses ter a ousadia de te despir, de te descalçar e desencadear um tumulto de vida, a festa de bairro de os corações desabafarem os seus males! De que caruncho padecem os corações solitários? De que secura há mulheres?

Quando o crime ocorreu, quando o acidente, quando a discusão de casal deflagrou, não viste as portas a abrirem-se de um e de outro lado da rua? Não se abriram também janelas para saciar a curiosidade, para acomodar as sirenes e detectar o sangue tingindo as pedras?

Um dia talvez a retória defensiva e argumentante e contrargumentante dê lugar à frescura-oásis dos olhos re-encontrados, às únicas janelas para Outro Sítio que se adivinha.

Joaquim Santos

sabr disse...

Bom dia, bjinho.

Anónimo disse...

Linda e fascinante!
Abraços no coração!

Luiz Carlos Reis disse...

Linda e fascinante! Abraços no coração!

Amaral disse...

O descanso merecido da guerreira, após seis meses de intensa actividade, partilhada numa oferta inteira e desinteressada.
Naturalmente que a pausa terá de ser breve!...