26/01/15

Novidades



Era uma vez um bando de galinhas, cada uma mais curiosa e gulosa do que a outra.
Certo dia, apanharam a porta da capoeira aberta e zás, lançaram-se aos canteiros das novidades, papando-as todas...


Escrita para a Tertúlia, ET QUOI, cujo tema era: A Novidade.

Foto da net.

9 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Esytas galinhas são os vampiros do Zeca Afonso.
E o hortejo
é o pobre dopovo inocente.

Mar Arável disse...

Elas comem tudo

© Piedade Araújo Sol disse...

foi a guerra da capoeira.....

obrigada amiga pela solidariedade.

beijinho

:)

AC disse...

As galinhas, para apurar o seu cacarejar, carecem de novidades. :)

Um beijo :)

Bella disse...

eheheh cá esta a tua história :P beijocas

jorge esteves disse...

O que desmesnte (e é verdade) a ideia generalizada de que elas são um tudo ou nada lerdas!...
abraço.

jorge

Graça Pires disse...

Estou a imaginar as galinhas a comerem tudo o que havia na horta ou no jardim...
Beijos, amiga.

Nilson Barcelli disse...

Acontecem sempre essas coisas.
Mas elas não têm culpa nenhuma...
Boa semana, querida amiga TB.
Beijo.

Parapeito disse...

e quem deixou a capoeira aberta ? pois é pois é...
Gostei destas galinhas.
Abraço ****