10/05/13

indiferenças

Não é linda a flor da malva?
Ali está simplesmente.
Tantos os passantes indiferentes
não vendo que a sua simplicidade
encobre algo que lhes pode, quantas vezes,
salvar a vida...

4 comentários:

AC disse...

A vida é feita de simplicidades, mas está eivada de cegueira...

Beijo :)

Parapeito disse...

:)) gostei gostei minha ne**

Nilson Barcelli disse...

São lindas, as flores de malva.
E as tuas palavras também.
Há quento tempo não te visitava...
Minha querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

Eduardo Aleixo disse...

Tudo. Tudo depende do olhar.
Beijinho a ti e à doçura do poema.