25/09/08

sentires


Trago na pele o sol e o sal,
os barcos que cortam o espelho das águas
no seu vagaroso caminhar
e as gaivotas que cortam os ares,
no olhar

.
nos ouvidos
o sussurrar do vento
contando segredos
de mundos por onde passa
.
no corpo
o abraçar perpétuo das ondas,
.
nos sentidos
a enorme vastidão de ti, mar!
.
.
imagem do google

26 comentários:

Parapeito disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Parapeito disse...

..E porque te conheço...sei sim que trazes todos estes sentires em ti...

(Tonta ...está lindo! aí de quem diga o contrário :P )

beijooo (meio)
:)

10:26 AM

Maripa disse...

Senti-me envolvida em maresia
nesse teu poema de mar..Tão lindo!

Posso deixar um beijo carinhoso?

Nuno disse...

Olá! Beijo para si. Lindo poema! E obrigado pelas palavras de ontem. Bom fim de semana!

Francisco Sobreira disse...

Cara Amiga Teresa,
A exemplo de você com relação ao meu cantinho, não venho ao seu com a freqüência desejável. Mas o que importa é que não deixo de vir, o que para mim é um prazer sempre renovado a cada visita. Um beijo afetuoso.

isabel mendes ferreira disse...

e o Piano ficou ""elegante""-



beijo.

isabel mendes ferreira disse...

Não Querida T.



eu é que agradeço.


muito.


a sua ELEGÂNCIA!!!!!!



(rara)

VFS disse...

as imensidões são
pertença do zénite alaranjado
ou dos cristais iónicos.

mas, no ondular do tempo em azul,
estandartes de marfim alam na independência
das cascatas do vento.

todo o pretender se inclina.
nestas rotas, molda-se a alma do sentir.

e expressa-se a voz do coração!

PiresF disse...

És, de facto, uma alma bela.

Enorme abraço, Teresa.

lena disse...

sentires envolvidos num mar que também adoro

belo TB, estes sentires que sinto

que sussurram no meu caminhar a seu lado.

amei ler-te

beijinhos meus


lena

Jorge P.G disse...

Um bonito poema ao mar, esse incontornável prolongamento da alma portuguesa!

Um abraço, TB.
Jorge P.G.

© Piedade Araújo Sol disse...

T.

Bonita ode ao mar.

bela imagem também....

beij

Clavis disse...

Só para retornar a visita...
um abraço!
Rui

douglas D. disse...

gosto qdo vc aparece lá no blog!
bjo!!

Bill disse...

Trago na pele uma saudade, que canta no meu ouvido e ilude meu olhar (=

Dona moça de lindas palavras, tão serenas e profundas...

Beijo e doce semana.

:*

Rui disse...

Ser búzio.

jorge vicente disse...

o mar. aqui bem perto. no rio. e no sereno marulhar dos cabelos.

um beijinho
jorge vicente

lady-of-smile disse...

Que bonito Ne*, eu também gosto muito do mar, de tudo o que ele me faz sentir.
A imagem está linda!

Beijinho grandeee

Mac Adame disse...

A beleza do costume. Sem mais palavras, que não as tenho.

Nightkid disse...

muito bom =D tornei-me num leitor deste blog =D acho muito bom o trabalho que se encontra aqui, mas como tudo tem altos e baixos =) mas mesmo assim no geral esta muito bom =D

Uma estrela errante disse...

O mar é fonte de inspiração para os poetas! Um mistério, doce enigma da natureza!

Beijinhos

Isa

instantes e momentos disse...

vim para te conhecer,lindo, valeu vir aqui.
maurizio

legivel disse...

... trazer agarrada ao corpo tal viagem é sinal de que dela se tirou o máximo proveito.



beijos e sorrisos.

Oliver Pickwick disse...

Tão poucos versos, no entanto, couberam toda a beleza e a magia dos sete mares.
Um abraço!

QuadroMinimal disse...

:) ...agora sim posso dizer-te que amei este poema...e sim tens um mar de beleza dentro de ti amiga.

beijufasssss

AugustoMaio disse...

Imagem fantástica (mesmo que do google, a beleza e qualidade sempre está na escolha). E o texto é lindo, com sussurrar (palavra linda...) do vento; com o espelho da água e, sobretudo, com a pele que mistura sol e sal.