01/03/07

entrelaço...


Semeamos sementes de verde, vermelho, de amarelo...
fazendo florir esperança, emoção, coração, amarelo sol...
levando alegria ao local mais frio...
devolvendo a cor ao que até então era sombrio...
foto gentilmente cedida por mão amiga, a qual agradeço.

17 comentários:

nqdn disse...

Esta postagem tem muito que se lhe diga, mas eu não digo...
Um beijo!
Luis

Outsider disse...

Que bonito tb! Um poema curtinho mas que diz tanto... As pequenas coisas que trazem cor à escuridão e à sombra são as que dão luz à nossa vida.
Beijos.

PR disse...

Bom fim de semana, um abraço.

Bill disse...

Oi moça (=

Um arco-iris de flores...

Que bela imagem (= Adorei.

Beijo e bom fim de semana.

:****

Isa&Luis disse...

Olá menina,

Lindo! os teus sentires em sintonia com as flores.

Beijinhos!

Isa

António disse...

Querida Teresa!
Viva o mundo colorido e abaixo o mundo cinzento!
Mais um belo post com uma conjugação óptima entre texto e imagem.

Obrigado pela tua dupla visita.
De facto, já tinha escrito um "Diálogo de gente" sobre a homossexualidade masculina, mas com uma história muito diferente.
Há alguns erros no post da janela mas o Blogger não me permite postar nem fazer correcções.
Aliás tenho no meio dos comentários uma nota sobre isso.

Beijinhos

Opintas/Bernardo disse...

Flores com esta chuva, não sei...bom fim de semana.

Cinza disse...

Colorir a vida...

Francisco Sobreira disse...

Querida Teresa,
Poema de uma simplicidade encantadora, e , como se sabe, não é fácil escrever (eficientemente) com simplicidade. Um beijo afetuoso e um ótimo fim de semana.

joão marinheiro disse...

Encantam-me as cores das flores semeadas, sabes.
Abraço daqui onde as Mimosas tarda nada despontam

PR disse...

Bom domingo, bjinho.

Caçador de Palavras disse...

a beleza do mundo está nos olhos de quem a vê ;-)

ALF O Extasiado disse...

que lindo.
Dá pra pensar bastante ao ler isso.
:)

beló.

beijos

as velas ardem ate ao fim disse...

Adoro as cores.

Se escolhesse uma seria amarela!

bjos

Kaos disse...

Um poema sem o azul do mar mas com as cores que nos aquecem o coração.
bjs

Nuno Firmino disse...

Que fotografias tão bonitas

Luiz Carlos Reis disse...

A leveza do ser embalada pelo colorido das flores...Bonito jardim ... Sublime a poesia!

Abraços para tí!