15/03/07

brisa do mar


Meu corpo escuta o teu. Num complemento... num completar.
Se és mar, sou sol... se és céu sou teu luar...
Agradeço a R.

25 comentários:

Francisco Sobreira disse...

Que belos versos, querida amiga. Quando eu nem pensava em experimentar a poesia, eu, ingenuamente, achava que era fácil fazem poemas com pouquíssimos versos. Ñão é. E, no seu caso, você se dá bem tantos em poemas curtos, quanto em poemas mais longos. Um beijo afetuoso.

as velas ardem ate ao fim disse...

Sou sol.
bjnhos

Kaos disse...

Sei o que é ser-se camaleão para nos adaptarmos ao outro, mas melhor ainda é quando dois se completam num só, sem metamorfoses.
bjs

© Piedade Araújo Sol disse...

Poucas palavras...mas que dizem muito...

Bill disse...

Hummmm e reverbera como um sino de uma grande catedral de tão doces suas palavras (=

Coração até pula (=

Beijo e ótimo fim de semana pra tu dona moça.

:*

Surpresas da vida! disse...

Bonito! Sem dúvida bonito!

Outsider disse...

É magnifico quando dois seres se completam e cmplementam. Muito bonito minha amiga.
Beijos.

joão marinheiro disse...

Fico-me aqui soprando em brisa, levantando os finos grãos de areia.
A espuma que adormece na linha de água.
O por do sol morno que se afoga no horizonte...

Abraço deste lado do mar imenso para ti querida amiga

Isa&Luis disse...

Agradeço a T.
Um beijo
Luis

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Oi!
Beijos do amigo *CC*

legivel disse...

... os complemento directo...
ao amor completo.


Óptimo fim de semana!
beijinhos.

Dae-su Oh disse...

...se és vida sou teu amar. Uma simbiose perfeita ao poema a vida ao amor.

PR disse...

Bom domingo, assim. Abraço,

Laurentina disse...

Lindo de arrepiar .
Quando existe complementaridade cumplice é magnífico...
Boa semana
Beijão grande

pessoa disse...

O "Uno"! Tão simples e ao mesmo tempo tão dificil de o encontrar... mas quando o conseguimos a satisfação é imensa!!
Beijo

Plum disse...

Quando duas almas se mesclam!*

collybry disse...

Em poucas palavras muito se diz...bjca

Bosco Sobreira disse...

Não escolhemos o tamanho, o ritmo, a textura do poema. A poesia é que escolhe os poetas, os que, como você, minha querida, é senhora das palavras.
Lindo poema, lindas palavras.
Um beijo afetuoso.

Luiz Carlos Reis disse...

Assim, como a Rosa e o espinho...Espinho não machuca a flôr!
Em consonância com teus belos versos!

Beijos aqui do outro lado do oceano!

Nilson Barcelli disse...

Um conjunto perfeito.
Palavras e fotografia.
Beijos.

Amaral disse...

Bonito e simples!
Tal como tudo o que é simples, a brisa ligeira, o sol e o mar, e a partilha da vida que é a verdade de tudo...

PR disse...

Passei, abraço,








http://www.chamas-7.blogspot.com/

António disse...

Lindo, querida Teresa!

Beijos meus

Anónimo disse...

Ai querida...!
Parece o nosso paredão aqui de Esmoriz!
Que linda foto!
Que lindas palavras!
Que lindo mar...!

Estou deslumbrada!

Parabéns!
Carmen

mitro disse...

Complementar é bom...