05/02/19

Primaveril

Quando éramos borboletas
esvoaçando sobre a vida
dávamos as mãos

entrávamos nos sonhos
eternizando a Primavera...

4 comentários:

Graça Pires disse...

Tenho a certeza que ainda és borboleta esvoaçando sobre a vida…
Lindíssimo o poema e a imagem.
Uma boa semana.
Um beijo.

jorge esteves disse...

A imagem dá a luz ao som das palavras. Aí estão os ingredientes de qualquer (sempre) nova Primavera.
Abraço, amiga.
jorge

www.tintapermanente.pt

Rúben Teixeira disse.... disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Parapeito disse...

minha querida ne*
A primavera floresce na ponta dos teus dedos
e as tuas palavras voam feito pétalas de cor e dançam com as borboletas **
Abraço e brisas doces *