01/06/15

Brincar ao faz de conta

Vamos brincar ao jogo das sombras, ao faz de conta?
Hoje em que dizem ser o nosso dia, crianças. Seja isso o que for.
Valha o que valer, num mundo onde as crianças desmaiam com falta de nutrição, ficam presas entre 4 paredes porque lhes roubam a rua para brincar, trabalham como adulto, mas sem remuneração, são vexadas, violadas nos seus mais elementares direitos, maltratadas, mas...
vamos brincar ao faz de conta, neste dia que dizem ser o nosso, criança?

6 comentários:

heretico disse...

"vemos, ouvimos e lemos/ não podemos ignorar..."

bem vinda!

Graça Pires disse...

Um texto para nunca esquecermos a verdade do que se passa... Muito bom, TB.
Um beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

simples e real.
um beijo
:(

Mar Arável disse...

A verdade a preto e branco

Jaime Portela disse...

Um texto muito realista.
TB, tenha uma boa soa semana.
Saudações poéticas.

Parapeito disse...

Deixo abraço...sem fazer de conta *****