14/10/12

A lâmpada e o vaso

A lâmpada dava luz e iluminava toda a sala de exposições, mas ninguém olhava para ela.

O vaso era aparentemente simples, sem nada que chamasse a atenção, mas todos o admiravam.
A lâmpada invejosa por não ser assim admirada como o vaso, não percebendo porquê, pois era ela que o iluminava, com o seu foco brilhante de luz começou a ruminar numa forma de destruir o vaso.
Pensou maduramente no assunto e um dia decidiu. Desprendeu-se do suporte e zás atirou-se para cima do vaso partindo-o a ele e a si em mil bocados.
Nesse dia chegou um grupo de crianças da escola que ao verem o vaso desfeito se uniu para o recuperar.
Trouxeram cola e com muito cuidado entregaram-se ao labor de juntar e colar pedacinho a pedacinho, como se fora um puzzle, até reconstituirem totalmente o vaso.
A lâmpada, varreram-na para a pá e foi diretamente para o caixote do lixo.

Foto da Net.

5 comentários:

mitro disse...

Ninguém faça o mal à espera que lhe saia o bem!

Mar Arável disse...

A luz é mais difícil

de reconstruir

... mas é possível

Eduardo Aleixo disse...

Estória simples, parece uma parábola, cheia de ensinamentos. Deixa-nos a pensar. E daí a sua utilidade. Para além de que é escrita de uma forma bela. Eu gosto.

© Piedade Araújo Sol disse...

simples, e com varias ilações.

um beijo T

bom fim de semana.

Nilson Barcelli disse...

Quanta moral nessa tua história...
Que gostei muito.
Teresa, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
Beijo.