24/11/08

reciclagem


Reciclamos as palavras gastas
damos-lhes novas formas,
roupagens,
sentido
sentires
valor
e no final
elas serão mimosas saltitantes,
esvoaçantes
como se pássaros voando.


foto: www.olhares.com

17 comentários:

Karolina disse...

sempre gostei de um blog q valoriza os versos e as muitas linhas de pensamento. Por isso vou colocá-lo no meus favoritos e volto mais vezes com todo o prazer.

Até +

Meu abraço=]

© Piedade Araújo Sol disse...

gostei das palavras recicladas.

tanta simplicidade e tão s´bias palavras.

beij

Anónimo disse...

como se.


pudessem ser mais que um se. as palavras. recicladas.



.


que sejam.


por ti.


que as douras pela mão da elegância. sábia.

a generosidade é mesmo um dom!


.


bem regressada T.

assim.

.


o meu abraço.





(piano)

Parapeito disse...

:))...bolas...cheguei em 3º...
mas ja sabes o que eu acho em 1ª mão...

è preciso reciclar...palavras...e tambem velhos afectos :))

Beijosssss

Parapeito disse...

lololo...na volta foi em 4º ::))***

JonyFingers disse...

Um outro olhar sobre a política dos 3 R´s.

Aquele abraço

Anónimo disse...

Como tu sabes tão bem reciclar palavras :)

Gosto do que escreves e de tu :P

Beijinho
Lin

PS. a ruim até vê em que lugar ficou, ela é a última e mai nada :P

CNS disse...

Reciclamos o que nos parece gasto...

um beijo

António disse...

Sempre lindo, sempre bonito, o blog da Teresa B.
ah ah ah

Beijinhos

Francisco Sobreira disse...

É isso, Teresa. Em forma de poema, diz você uma verdade: o talento, a criatividade do escritor fazem com que palavras gastas pelo uso e o tempo adquiram novo sabor. Um beijo.

Amaral disse...

É isso. Todas as palavras estão inventadas... mas, ainda assim, são sempre novas de cada vez que são pronunciadas ou escritas...

Nilson Barcelli disse...

No fundo, todos nós somos recicladores de palavras.
E ainda bem, pois assim elas não morrem e permitem fazer como tu: escrever belos poemas.
Gostei muito, como é evidente.
Beijinhos.

tuga disse...

Gostei da sua forma de reciclar.

A vida assim teria outro sentido se na pratica a verdadeira reciclagem seguisse a sua linha de pensamento.

joão marinheiro disse...

Passei para deixar um abraço de amizade que não se recicla(acho), renova-se cada dia. (mesmo que hoje esteja frio...)
Bonitas as palavras. Muito ao acerto do tempo.

PiresF disse...

E era bom que em vez de as reciclarmos as guardássemos e as usássemos para o seu fim, o fim que aqui vemos, constante e permanente.
…porque não acredito em palavras gastas, mas acredito na tua poesia e na tua forma de as usar.

Enorme abraço, querida Teresa.

E,

SAUDADE.

Nilson Barcelli disse...

Voltei para ver se havia novidades.
Como não há... deixo-te "apenas" beijinhos.

João Vasco disse...

Haverá um final para as palavras?
Bj